iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/10 - 15:50

Mudança de jogo contra o Sport ainda causa revolta no Santos

Após jogar em Recife, Peixe terá menos de 72 horas para se recuperar e entrar em campo no domingo contra o Palmeiras

Gazeta Esportiva

SANTOS - O Santos terá uma semana complicada pela frente. Com o jogo na quinta-feira, às 20h30 (Brasília), contra o Sport, na Ilha do Retiro, o Peixe terá menos de 72 horas para se recuperar e entrar em campo no domingo, às 17h, diante do Palmeiras.

Inicialmente, o duelo com os pernambucanos estava marcado para quarta-feira, mas a CBF comunicou há duas semanas mudanças de datas de alguns jogos da reta final do Campeonato Brasileiro.

Esta alteração gerou revolta no elenco santista, principalmente do técnico Márcio Fernandes, que reclama do desgaste em função da longa viagem – três horas de avião até Recife –, que altera toda a programação da equipe para o clássico.

˝Muda porque é uma semana cansativa, onde vamos precisar nos superar. Não tinha necessidade de ser assim. Tem que ser dado condições iguais aos dois. O que não pode é eles (Palmeiras) jogarem na quarta e nós temos na quinta˝, questionou.

O comandante alvinegro ainda destacou outros fatores que podem prejudicar o desempenho de seus jogadores contra o Palmeiras. ˝Vamos chegar aqui muito em cima do jogo (sexta à noite). Se algum atleta tiver um problema não vai ter condições de estar em campo. É lamentável. Não sei por que foi mudado, mas vamos lá˝, disse Fernandes, fazendo referência a mudança feita na tabela original do Brasileirão.

Já o meia Molina prefere ver outro aspecto desta situação como fator de motivação para os próximos duelos do Peixe na competição. ˝Temos que pensar que esta é a última semana de sacrifício físico no ano. Vamos ter uma viagem longa até Recife, onde teremos um adversário difícil e depois disputaremos outro jogo duro. Porém se vencermos ambos ficaremos mais próximos de uma vaga na Sul-Americana˝, concluiu.


Leia mais sobre: Santos Sport



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo