iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/10 - 15:15

Dirigente diz que seleção argentina poderá ter mais de um técnico
"Apenas uma pessoa não é capaz de mandar, em nenhum lugar, nem no quiosque da esquina", disse Julio Grondona

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - Julio Grondona, presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), disse hoje a seleção local poderá ter uma comissão de treinadores, ao invés de apenas um técnico. O cargo está vago desde o dia 17, quando Alfio Basile apresentou seu pedido de demissão.

"A responsabilidade não pode cair somente sobre uma pessoa. Estamos avaliando se seguiremos com o sistema de um técnico só ou se mudaremos", disse à "Radio Colonia", do Uruguai.

"Apenas uma pessoa não é capaz de mandar, em nenhum lugar, nem no quiosque da esquina. Alguma coisa faz com que este sistema não funcione. Os treinadores duram dois, três jogos.

Estamos todos loucos. Um atacante perde um gol e todos já olham para o técnico", acrescentou. Segundo Grondona, esta comissão ficaria à frente da seleção até o final das Eliminatórias Sul-Americanas à Copa de 2010.

Até o momento, os principais candidatos ao cargo são Diego Maradona, Carlos Bianchi, Miguel Ángel Russo, do San Lorenzo, e o campeão olímpico Sergio Batista.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo