iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/10 - 08:27

Sanchez demonstra otimismo sobre permanência de Herrera

O Corinthians já se acertou com o jogador, só falta pagar o Gimnasia y Esgrima, dono dos seus direitos federativos 

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O presidente Andrés Sanchez deu um abraço em Herrera nos vestiários do Pacaembu, após a vitória por 2 a 0 sobre o Ceará. Naquele momento, o dirigente já vestia a camisa comemorativa pelo retorno à Série A do Campeonato Brasileiro, que o argentino também passou a usar em seguida.

O objetivo comum é que ele continue com o uniforme do Corinthians em 2009.

Emprestado até o final do ano, Herrera mantém vínculo com o Gimnasia y Esgrima, que possui 50% de seus direitos federativos – a outra metade é dividida entre o San Lorenzo e o empresário Raul Delgado. “Na Argentina, também tem pizza. Ele é todo fatiado, e isso dificulta”, avisou Sanchez, ironizando as críticas que recebeu por vender parte dos direitos de alguns atletas.

O diretor-técnico Antônio Carlos viajou à Argentina há cerca de duas semanas para fazer uma proposta por Herrera. Antes, reuniu-se com o atacante e apalavrou prorrogação de contrato por três anos, com possibilidade de renovação por outra temporada. “Já fizemos uma oferta ao Gimnasia e estamos esperando”, confirmou o presidente do Corinthians.

Contagiado pela conquista mais comemorada de sua gestão, o acesso à Primeira Divisão nacional, Sanchez demonstrou otimismo com a possibilidade de manter Herrera no Parque São Jorge. “Creio que vamos conseguir amolecer os argentinos e ele poderá ficar aqui. Mas temos que aguardar. Não está nada certo”, ponderou o presidente.

A proposta do Corinthians não atinge sequer metade do valor que o Gimnasia y Esgrima espera receber por Herrera. No total, os direitos econômicos do atacante estão avaliados em mais de US$ 3 milhões – valor que ultrapassou os R$ 7 milhões após a alta do dólar. A crise econômica mundial também deverá impedir a contratação de outro jogador argentino.

“O Escudero ficou muito difícil. O que pediram por ele está fora da nossa realidade financeira. Não dá para fazer esse investimento”, reconheceu Andrés Sanchez. O zagueiro Sergio Escudero defende o Argentinos Juniors. Pela Copa Sul-americana, ele marcou o gol da vitória de sua equipe sobre o Palmeiras e dedicou aos corintianos.

Leia também:
Corinthians acerta com Herrera por três anos. Resta comprá-lo. (24/10/2008)


Leia mais sobre: Corinthians Herrera Série B



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo