iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/10 - 14:31

Fernando minimiza problemas na zaga vascaína
"O mais importante é tirar o Vasco desta situação", garantiu o zagueiro vascaíno

 

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Apesar da vitória por 4 a 2 sobre o Goiás, o Vasco ainda demonstra preocupação com seu sistema defensivo, pois o time sofreu 62 gols em 31 jogos. O zagueiro Fernando, no entanto, colocou a questão em segundo plano na reta final do Campeonato Brasileiro.

“Ser a melhor defesa não é o mais importante para a gente. O mais importante é tirar o Vasco desta situação”, ressaltou o defensor.

Experiente e com passagens pelo futebol do exterior, Fernando tem procurado conversar com os jogadores mais jovens do elenco vascaíno, tentando passar tranqüilidade a eles, diante da má campanha no Brasileiro.

“A gente tem trabalhado muito o lado psicológico, pois com a parte psicológica bem a a parte técnica flui melhor”, garantiu Fernando, que ainda comemora a volta das vitórias ao Vasco. “Conseguimos transformar as boas atuações em gols”, completou.

Ciente de que o Vasco foi goleado pelo Figueirense na última partida que disputou em São Januário, Fernando não acredita que o time possa ser surpreendido novamente caso o técnico Renato Gaúcho adote um esquema ofensivo contra o Atlético-PR em casa.

“Foi um jogo atípico. O Renato ousou, com a concordância de todos os jogadores. Pressionamos durante 20 minutos, mas em um contra-ataque levamos um gol. Foi um jogo diferente e dificilmente acontecerá novamente. Desta vez iremos para cima do Atlético-PR, mas sem aquele desespero do jogo contra o Figueirense”, afirmou Fernando.

Neste sábado, Fernando e seus companheiros voltam a treinar, mas terão também um outro compromisso: secar os principais adversários do Vasco na luta contra o rebaixamento. Ipatinga, Atlético-PR, Fluminense, Figueirense, Náutico e Portuguesa estarão em campo, sendo que estes dois últimos farão um duelo direto de equipes ameaçadas de cair para a Série B.

Negociações: Fora das quatro linhas, a diretoria do Vasco deve se mexer caso queira manter alguns de seus principais jogadores. Isto porque, o atacante Leandro Amaral, com compromisso até dezembro deste ano, teve seu nome ventilado no Corinthians para 2009. Já o meia Mádson, cujo contrato também se aproxima do fim, está sendo sondado por outros clubes do Brasil e do exterior, de acordo com seu empresário, Léo Rabello.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias