iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/10 - 18:50

Duque de Caxias é excluído do próximo Nacional pelo STJD
Time protagonizou cai-cai contra o Rio Branco na Série C; técnico acabou suspenso por um ano do futebol

Gazeta Esportiva

DUQUE DE CAXIAS - Os jogadores e o técnico do Duque de Caxias-RJ foram os responsáveis por uma grande confusão durante a partida da equipe contra o Rio Branco-AC pela Série C do Campeonato Brasileiro e, nesta sexta-feira, o clube foi punido por isso.

Em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), quatro jogadores foram punidos com gancho, enquanto o técnico Marcelo Buarque acabou suspenso por um ano do futebol. Já o Duque de Caxias foi condenado pelo órgão e, assim, está excluído da próxima edição do Campeonato Brasileiro.

A confusão
Os problemas aconteceram na 2ª rodada do octogonal final da Série C, quando Duque de Caxias e Rio Branco empataram em 2 a 2, no Acre. Aos 37 minutos da etapa final, o time carioca lutava para segurar o empate jogando com três homens a menos em campo, fruto de expulsões.

Foi então que, sem haver choque, os jogadores Rafael e Edivaldo pediram atendimento médico. Na mesma hora, em fato presenciado pelo árbitro e pelo assistente, o técnico Marcelo Buarque ordenou que ambos permanecessem caídos no gramado. Ambos foram atendidos e o médico constatou que não haveria condições de continuar o confronto.

O incidente criou problemas para o árbitro, que teve de exigir um parecer do médico, já que o Duque de Caxias não tinha jogadores suficientes para encerrar o jogo. Por fim, o resultado de 2 a 2 prevaleceu, sendo um ponto para cada clube. Por isso, o clube foi ao STJD nesta sexta-feira, onde foi duramente punido.

Celso, primeiro a ser expulso, foi o único absolvido. Os outros dois excluídos, Douglas e Renato, pegaram um jogo de gancho. Já Rafael e Edivaldo, que sofreram a suposta lesão, foram punidos com suspensão de 120 dias. Para o técnico Marcelo Buarque, que respondeu por "desistir de disputar partida, depois de iniciada, por qualquer meio", a suspensão foi de um ano.

Já o Duque de Caxias respondeu pelo artigo 205 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (STJD), por "dar causa à não realização ou impedir o prosseguimento de partida por simulação de contusão, por insuficiência numérica intencional de seus atletas ou por qualquer outra forma". Assim o clube foi multado em R$ 10 mil e suspenso da próxima edição da Série C, para a qual tinha vaga garantida.

Com isso, o Rio Branco ganhou os pontos da partida. O Duque de Caxias pode recorrer ao Pleno do STJD.


Leia mais sobre: Duque de Caxias Série C

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias