iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/10 - 14:20

René Simões cai nas graças do elenco do Fluminense

"O René Simões fez o time evoluir uns 95%, aumentando a confiança dos jogadores", afirmou Thiago Silva

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O técnico René Simões já dirigiu por duas vezes o time do Fluminense e o desempenho foi muito bom para uma equipe que está na zona de rebaixamento, com apenas 31 pontos. Com o treinador, que substituiu Cuca no comando, o Tricolor derrotou o Atlético-PR por 3 a 1 na Arena da Baixada e empatou por 2 a 2 com o Vitória, em Salvador, num jogo em que foi prejudicado pelo árbitro Leandro Vuaden.

Foram quatro pontos em dois confrontos fora de casa, que devolveram a confiança aos torcedores.

Os jogadores não têm dúvidas de que o grande responsável pela mudança realmente é René Simões. ''Estamos muito satisfeitos com o trabalho que o René Simões vem fazendo no Fluminense. Ele é um profissional muito qualificado e ganhou a confiança do nosso grupo com muito empenho e transparência. O René tem conseguido nos ajudar muito nessa mudança de comportamento dentro de campo e não tenho a menor dúvida de que o Fluminense vai conseguir terminar bem esse ano” disse o zagueiro Luiz Alberto, que volta ao time após cumprir suspensão automática contra o Vitória.

Companheiro de zaga de Luiz Alberto, Thiago Silva é outro que vê o trabalho de René Simões como fundamental para o Tricolor ter conseguido bons resultados nos últimos compromissos.
”O René Simões fez o time evoluir uns 95%, aumentando a confiança dos jogadores e conseguindo motivar a todos. A alegria que ele conseguiu trazer para o elenco tem feito a diferença. Isso não significa que o Cuca, que estava aqui antes, não era competente, pois também é um baita treinador. Mas as coisas não vinham dando certo por culpa dos jogadores mesmo. Graças a Deus que com o René os resultados começaram a aparecer”, afirmou Thiago Silva.

René Simões evita o rótulo de 'salvador da pátria' e garante que não fez nenhuma mágica para que o time do Fluminense pudesse render mais do que com os seus antecessores.

”O Fluminense conta com jogadores de grande nível técnico e inteligentes. Portanto, não fiz nenhuma mágica. Mostrei a eles que o Campeonato Brasileiro é muito complicado, que não tem jogo fácil e com muito trabalho e que vamos conseguir tirar o time desta delicada situação. Conseguimos quatro pontos fora de casa e mesmo assim continuamos na zona de rebaixamento. Isso mostra que vamos precisar de muito trabalho ainda para que os objetivos sejam alcançados”, afirmou o treinador.

O próximo desafio de René Simões será o primeiro do treinador no Rio de Janeiro. A partida será no próximo sábado, às 16 horas (de Brasília), no Maracanã, contra o Palmeiras. Na manhã desta sexta-feira o elenco do Fluminense vai realizar o último treino antes do jogo e depois seguirá diretamente para a concentração.

O time está praticamente definido pelo técnico com duas mudanças em relação à formação que empatou na Bahia. Além do retorno de Luiz Alberto, Wellington Monteiro deverá ocupar o posto de Romeu, que se recupera de uma entorse no tornozelo esquerdo.

Dessa maneira o Tricolor deverá entrar em campo com a seguinte formação: Fernando Henrique, Carlinhos, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Fabinho, Wellington Monteiro, Arouca e Darío Conca; Everton Santos e Washington.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo