iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/10 - 20:00

Procurador Paulo Schmidtt revela ameças contra membros do STJD
"A gente já sabe que alguns auditores estão sendo ameaçados nos seus e-mails, através de invasões nos sites dos seus escritórios, e por aí vai", disse Paulo

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Procurador Geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmidtt, revelou nesta quinta-feira ser alvo de algumas ameaças anônimas por sua atuação no órgão. Ao lado de outros membros, ele tem recebido mensagens que são creditadas como frutos de algumas decisões do tribunal nos últimos dias.

“Estamos analisando algumas declarações. A gente já sabe que alguns auditores estão sendo ameaçados nos seus e-mails, através de invasões nos sites dos seus escritórios, e por aí vai. O torcedor é induzido à violência, e isto não nasce espontaneamente”, disse o procurador, à Rádio Gaúcha.

As principais críticas que o STJD tem sofrido nas últimas semanas são de gremistas e botafoguense, que tiveram alguns jogadores duramente punidos por conta de confusão em partida do Brasileirão. Léo, Réver e Morales foram suspensos nos gaúchos, enquanto Carlos Alberto e Jorge Henrique no Botafogo.

“O Tribunal sempre foi respeitado, mas, nas duas últimas semanas, passou a ser desrespeitado. Mas isto não vai diminuir nosso ritmo de trabalho. Pra nós não existe clube. Não importa quem é”, completou Paulo Schmidtt, minimizando o caso.


Leia mais sobre: STJD

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

morales leo gremio

Punidos e liberados
Tribunal puniu duramente jogadores de Grêmio e Botafogo e concedeu o efeito suspensivo a eles

Topo
Contador de notícias