iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/10 - 20:00

Náutico quer renovar força dos Aflitos para se vingar da Lusa
A oito rodadas do final do Brasileiro, Náutico e Portuguesa dividem a 15ª colocação com 31 pontos

Gazeta Esportiva

RECIFE - Desde 6 de setembro, o Náutico não sabe o que é vencer nos Aflitos. O elenco, porém, se considera forte em seu estádio mesmo com aproveitamento inferior a 49% como mandante. E quer usar principalmente a má campanha da Portuguesa fora de casa para se vingar do adversário deste sábado.

Os jogadores do Timbu não esquecem do duelo de 16 de julho, quando terminou o primeiro tempo vencendo por 2 a 0 no Canindé. Nos acréscimos, no entanto, a Lusa virou e deu sobrevida ao técnico Vágner Benazzi – demitido na rodada seguinte. Um resultado que ainda ‘dói’ no Recife.

“Aquela foi a derrota que mais sentimos, a mais doída. O time jogou muito bem o primeiro tempo, fez dois gols e ainda teve outras chances, mas voltamos muito mal e permitimos a virada no segundo tempo”, relembra o meia Paulo Santos. “O jogo de sábado terá gostinho de vingança. Mas sabemos que enfrentaremos um adversário muito difícil”, continuou.

Aquele tropeço em São Paulo deu seqüência a uma série de tropeços que, na época, tirou a equipe da proximidade da zona de classificação para a Libertadores. A derrocada culminou com a faixa de rebaixamento mais perto do Timbu, situação que os comandados de Roberto Fernandes convivem até hoje.

A oito rodadas do final do Brasileiro, Náutico e Portuguesa dividem a 15ª colocação com 31 pontos, com os recifenses na frente por ter maior saldo de gols. Para fugir da volta à Série B, a ordem é seguir o exemplo da Portuguesa, que tem mais de 66% de aproveitamento no Canindé, e voltar a transformar os Aflitos em um ‘caldeirão’.

“Será um jogo muito importante para nós e dentro de nossa casa. Assim como a Portuguesa fez valer seu campo nós temos que fazer o mesmo aqui e impormos nosso ritmo”, aponta o zagueiro Adriano.

O elenco quer que a vitória em casa aconteça novamente já neste sábado. Diante de um adversário que tem apenas 9% de aproveitamento como visitante. “Vi os jogadores da Portuguesa falando sobre a dificuldade fora de casa. Temos que aproveitar isso e conseguirmos a vitória”, pede Kuki.

Leia também:
Portuguesa quer usar boa fase para vencer fora do Canindé

Leia mais sobre: Náutico Portuguesa



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo