iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/10 - 18:59

Torcida não se comove, e são-paulinos reforçam pedido de apoio

Apenas 3.084 ingressos foram vendidos para São Paulo x Vitória até a tarde desta quarta-feira, véspera do jogo

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho e o volante Hernanes já convocaram a torcida do São Paulo para o jogo contra o Vitória, nesta quinta-feira, no Morumbi. No entanto, a torcida parece não ter sido comovida pelos pedidos, e outros jogadores engrossaram o coro por um maior apoio em casa.

Com apenas 3.084 ingressos vendidos até a tarde desta quarta-feira, Dagoberto cobrou dos tricolores a presença no estádio na quinta.

“Se eu fosse torcedor e visse as chances na tabela, eu iria torcer para a equipe. Há equipes da zona de rebaixamento com 20 ou 30 mil torcedores. O Flamengo colocou 80 mil contra o Atlético-MG. Quando todo mundo tem o mesmo objetivo, as coisas ficam mais fáceis”, afirmou.

Diante da expectativa inicial de público baixo, o jogador foi ainda mais enfático para explicitar a importância das arquibancadas. “O Morumbi é um estádio muito grande e, quando a galera comparece, nos ajuda muito. A diferença é gigantesca”.

Em 15 jogos que o Tricolor disputou no Morumbi neste Brasileirão, a média de público foi de apenas 13.903. Na briga direta pelo título nacional, Dagoberto admite que o São Paulo não está tendo atuações brilhantes, mas advertiu que o importante é a regularidade da equipe.

“O futebol não está excepcional, mas nossa regularidade é grande. A galera tem que nos apoiar, pois estamos todos no mesmo barco”, afirmou. O atacante Hugo, inclusive, acredita que a venda dos ingressos deverá aumentar até o momento do jogo.

“Acredito que isso pode melhorar pelo atual momento da equipe, que está fazendo bons jogos e cresceu na hora certa. Vamos ficar contentes com quem for”, comentou.


Leia mais sobre: São Paulo Vitória

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias