iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/10 - 16:14

Para técnico, está cada vez mais difícil para o Criciúma somar pontos
Comandante catarinense se preocupa com manutenção da equipe na "rabeira" da tabela perto do fim da Série B

 

Gazeta Esportiva

CRICIÚMA - Com a derrota de virada do Criciúma para o Brasiliense por 2 a 1 nessa terça-feira, o Tigre se afundou mais na tabela da Série B. Agora, com dez dias para enfrentar o Barueri, próximo adversário, o técnico Gonzaga Milioli não quer adiantar a equipe e afirma que o torneio está cada vez mais difícil para o Tigre.

“Falta muito tempo, seria prematuro eu adiantar alguma coisa. Nós vamos treinar e levar os jogadores que estiverem em melhores condições naquele dia. Futebol é momento. Nos treinamentos podem aparecer várias situações, mas a idéia é ir para lá (Barueri) e trazer os pontos, não podemos esquecer que está cada vez mais difícil, faltam apenas seis jogos e nós temos que pontuar”, declarou o comandante catarinense.

O veterano atacante Jardel foi poupado para a derrota dessa terça. No entanto, Milioli se explicou e afirmou que o jogador não poderá ser utilizado em todos os jogos devido a sua idade.

“Pode jogar em casa, pode jogar fora, mas ele não é mais um menino, tem 35 anos, em todos os treinamentos se esforça muito, se dedica e sente dores, às vezes no joelho, às vezes no tornozelo, na panturrilha. Temos que cuidar porque ele é um ídolo da torcida e um jogador importante para nós. Vamos aproveitar ele da melhor maneira”, afirmou o técnico.

Agora, o Criciúma estacionou nos 36 ponto e, se Fortaleza e Marília venceram seus jogos nesta rodada, o Tigre cai para a 18ª colocação.


Leia mais sobre: Criciúma Série B

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias