iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/10 - 10:18

Rodrigo quer ver o "são-paulino do restaurante" nas arquibancadas

Tricolor paulista tem a pior média de público dentre os cinco times que lutam pelo título do Brasileirão

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Depois de ficar até 11 pontos atrás do líder, o São Paulo tem atualmente uma seqüência invicta de dez partidas e se firmou na quarta posição há 11 rodadas, agora a três pontos do Grêmio, dono do primeiro lugar. Mesmo assim, a torcida ainda parece estar desconfiada do time de Muricy Ramalho.

De acordo com os dados da CBF, o Tricolor, que pode receber até 63 mil pessoas no Morumbi, é apenas o 12º colocado tanto na média de público do Brasileiro, com 13.903 torcedores em média nos 15 jogos em que foi mandante. Atrás de clubes como Náutico, Inter, Coritiba, Vitória, Sport e Botafogo, que têm estádios menores e já não têm grandes pretensões no Nacional.

Diante disso, o zagueiro Rodrigo pede para que o são-paulino que estiver contente com a ascensão da equipe mostre sua satisfação nas arquibancadas. “Quando saio nas ruas, vou a um restaurante, sei do carinho que eles têm com a gente e é preciso que este carinho vá ao estádio ajudar a gente”, solicita, usando um arqui-rival como exemplo para motivar mais pessoas a irem ao Morumbi.

“Sabemos da importância que tem a torcida. No domingo, na hora que o Palmeiras estava perdendo, a torcida ficou apoiando o time deles e nesta reta final isso é muito importante. Às vezes, as coisas não estão dando certo e a gente de dentro de campo não consegue levantar o time, mas a torcida pode”, aponta.

O camisa 44 nega estar chateado com o pouco apoio que ele e seus companheiros têm recebido dentro de casa, mas lembra a todos que aproveitar a capacidade do Morumbi pode ser um diferencial na briga para conquistar o terceiro título brasileiro consecutivo para o clube.

“Já estive aqui em 2004, joguei a Libertadores, sei como é bom o Morumbi lotado e da força vinda das arquibancadas. Isso nos motiva ainda mais para ir em busca do campeonato e é uma pressão a mais no adversário. Eles já vêm jogando atrás, só esperando o contra-ataque, porque sabe da força que tem o Morumbi”, diz o zagueiro.

“Falo para todos os são-paulinos confiarem mais no time e irem no estádio, porque é a reta final e a gente está vivo. Chegamos em uma posição que a torcida tem que confiar na gente, já demonstramos que temos time para ser campeão. Eles têm que entrar junto com o time nesta reta final”, completou.

E Rodrigo quer ver a conseqüência de seu apelo já nesta quinta-feira, às 20h30, no duelo contra o Vitória. “Quero convocar todo mundo para ir ao jogo contra o Vitória, todos os torcedores mesmo. Até a minha família vai estar aí e vai dar uma força gritando ‘pra caramba’ em um jogo de suma importância no campeonato”.

Quem quiser atender à convocação do jogador, já pode adquirir seu ingresso para ver o confronto entre o Tricolor e o Rubro-negro baiano. Os bilhetes estão à venda das 11 às 17 horas nos Estádios do Morumbi, Pacaembu, Canindé, Bruno José Daniel (Santo André); nos ginásios do Ibirapuera e José Correia (Barueri); na loja Pitta Sports (R. Silva Bueno, 1156); e no site www.ingressofacil.com.br.

Os bilhetes são vendidos nos seguintes preços:

Arquibancadas - R$ 20 (meia R$ 10)
Cadeira laranja/amarela - R$ 30 (meia R$ 15)
Cadeira azul - R$ 60 (meia R$ 30)
Cativa azul/vermelha (proprietário) - R$ 20
Morumbi Premium Club - R$ 60 (meia R$ 30)
Geral azul - R$ 30 (meia R$ 15)
Geral vermelha (deficientes) - Gratuito
Geral vermelha (acompanhantes) - R$ 30 (meia R$ 15)
Geral vermelha - R$ 30 (meia R$ 15)
Sócio-torcedor - R$ 10


Leia mais sobre: Rodrigo São Paulo



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reprodução

Carinho do torcedor
Zagueiro Rodrigo quer que "são-paulino do restaurante" levante o time no estádio

Topo