iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/10 - 09:48

Ex-proprietário do City é condenado à prisão na Tailândia

O bilionário tailandês Thaksin Shinawatra, ex-proprietário do Manchester City, foi condenado nesta terça-feira a dois anos de prisão em seu país. Sinawatra foi denunciado por corrupção durante seu período como primeiro ministro da Tailândia, entre 2001 e 2006, e acabou sendo considerado culpado pela Justiça local.

Gazeta Esportiva

Exilado na Grã-Bretanha, o também empresário vinha enfrentando uma longa batalha nos tribunais desde deixou seu país, há dois anos. A esposa de Shinawatra, Pojaman, já havia sido julgada na Tailândia por escândalo semelhante, e foi condenada a três anos de prisão. Neste período, a movimentação financeira do dirigente em bancos tailandeses foi congelada.

O político e empresário chegou a retornar a seu país em fevereiro de 2008, onde tentou se defender das acusações. No entanto, Shinawatra optou por voltar à Inglaterra poucos meses depois, negociando o Manchester City com empresários do Abu Dhabi United Group (Adug) ao final de agosto.

Apesar de ter se desfeito do clube, Shinawatra ainda exerce a função de presidente de honra do City – no qual, porém, não tem cargo administrativo. Os citizens ainda não se manifestaram de forma oficial.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo