iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/10 - 13:21

Para evitar erros de 2008, Santos já planeja próxima temporada

Diretoria começa a discutir renovações de contrato; lateral Fábio Santos e o zagueiro Fabão devem deixar a equipe

Gazeta Esportiva

SANTOS - O ano de 2008 não foi dos melhores para o Santos. Eliminado na primeira fase do Campeonato Paulista e nas quartas-de-final da Taça Libertadores, o Peixe reagiu dentro do Campeonato Brasileiro, se afastando da zona do rebaixamento.

Isso não é o bastante para a diretoria santista, que, preocupada com a falta de resultados significativos na atual temporada, começa a traçar metas para não cometer os mesmos erros no próximo ano.

Segundo o presidente Marcelo Teixeira, a rusga de Emerson Leão com Vanderlei Luxemburgo, seu antecessor na Vila Belmiro, causou vários problemas ao Santos na temporada, como a falta de um direcionamento correto do trabalho.

''No caso do Leão, tudo que foi discutido conosco era muito favorável para o planejamento que nós fizemos. Agora, na execução tivemos problemas sérios, porque ele começou a se preocupar mais com o passado recente, envolvendo o Luxemburgo do que propriamente com o trabalho'', disse Teixeira, em entrevista ao jornal A Tribuna, de Santos.

O mandatário alvinegro tem razão. Basta lembrar que logo nos primeiros dias de preparação da equipe para a temporada 2008, Emerson Leão criticou abertamente as condições do Cepraf (centro de fisioterapia do clube), dizendo que a comissão técnica anterior havia levado a maioria dos equipamentos, deixando apenas objetos sucateados. Leão também fez críticas veladas sobre o alto custo do staff de Vanderlei Luxemburgo e o pouco aproveitamento de atletas da base em 2007, atribuindo este fato ao estreito relacionamento entre Luxemburgo e empresários.

''Foi algo que nos atrapalhou completamente. Se nós nos dedicássemos apenas ao planejamento técnico, poderia ser diferente. Desviamos muito o foco para o ano anterior. Isso prejudicou até o nosso ambiente de trabalho. Consertamos no Paulistão, quando reagimos, mas o clima já não era propício para a continuidade dele'', acrescentou o presidente santista, admirador confesso de Leão.

Para evitar os erros cometidos em 2008, Marcelo Teixeira já começa a pensar no ano de 2009. Mesmo sem definir a permanência de Márcio Fernandes como o treinador do Peixe para o ano que vem, a diretoria já mantém conversas com alguns jogadores sobre renovações, casos de Fábio Costa, Domingos e Carleto.

''No momento, as atenções estão voltadas para a recuperação no campeonato. Com relação à próxima temporada, as renovações estão encaminhadas'', resumiu o dirigente.

De fato o Santos já pensa na montagem do grupo para 2009. No caso dos atletas emprestados, os santistas estudam como fazer para mantê-los no elenco. Michael, cujo vínculo pertence ao Dínamo de Kiev (Ucrânia), só permanecerá se o clube conseguir uma renovação do empréstimo. A compra dos direitos federativos do meia está momentaneamente descartada.

As situações de Bida e Wendel são mais confortáveis. Com os valores de seus passes estipulados por Vitória e Palmeiras, respectivamente, ambos devem ser contratados em definitivo pelo Alvinegro Praiano.

O lateral Fábio Santos, que foi cedido pelo Mônaco (França), teve poucas chances de atuar, porém não agradou e dificilmente deve ficar. O mesmo acontece com Fabão – cujo salário é tido pela cúpula santista como alto – e que não conseguiu reeditar na Baixada Santista as mesmas exibições da época de São Paulo.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo