iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/10 - 20:14

Muricy alfineta “gol achado dos favoritos”

"O Palmeiras não se mostrou tão favorito, clássico tem de ser respeitado", desabafou o técnico são-paulino

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho afirmou durante a semana que não se importava com as declarações de favoritismo dos jogadores do Palmeiras. No entanto, depois do emocionante empate por 2 a 2 do Tricolor contra o rival neste domingo, o treinador alfinetou o adversário pela dificuldade de conseguir assegurar um ponto contra o São Paulo.

“O Palmeiras não se mostrou tão favorito, clássico tem de ser respeitado. Nós viemos aqui e colocamos nosso ritmo, mas eles acharam um gol no fim. Eles, que eram tão favoritos, conseguiram empatar”, ironizou.

O São Paulo abriu o placar no primeiro tempo, com gols de Rogério Ceni e Dagoberto. No entanto, o Palmeiras conseguiu chegar ao empate na etapa complementar. Kléber mandou para as redes depois de jogada de Denílson para descontar. Logo depois, Leandro cobrou falta e a bola desviou na barreira antes de ir para as redes do Tricolor.

Apesar da alfinetada de Muricy, o técnico palmeirense, Vanderlei Luxemburgo, que havia apontado o Verdão como favorito, acredita que as declarações dadas durante a semana não tiveram qualquer relevância no resultado deste domingo.

“Não vi influência daquelas declarações em campo. O Palmeiras tem quase 90% de aproveitamento em casa e falei que ele era favorito por causa disso, como o São Paulo também seria se fosse no Morumbi. Qual a bobagem em dizer isso? O Palmeiras não é melhor que o São Paulo, e nem o São Paulo é melhor que o Palmeiras”, comentou o treinador alviverde.

Muricy Ramalho, por sinal, acredita que o Tricolor teve a oportunidade de matar o jogo antes de levar o empate. “Nossa estratégia era atrair o adversário e sair nos contra-ataques. Eles tiveram poucas chances no segundo tempo e nós chegamos com oportunidades de matar o jogo, mas, infelizmente, eles acharam um gol. Foi um grande jogo, um clássico de quatro gols”, concluiu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo