iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/10 - 20:09

Grêmio cai diante da Lusa e vê aproximação de Raposa e Verdão

Vitória da Portuguesa começou a ser desenhada aos 10 minutos do segundo tempo com o zagueiro Ediglê e foi concretizada com Edno, já aos 46 minutos da etapa final

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Grêmio tinha a chance de abrir quatro pontos de diferença sobre seus principais rivais pela liderança do Campeonato Brasileiro, mas uma atuação apagada do primeiro colocado não foi perdoada pela Portuguesa. Jogando no Canindé, a Lusa bateu o time gaúcho neste domingo por 2 a 0 e continuou firme na briga pela permanência na primeira divisão.

Assista aos gols da vitória da Lusa

A vitória lusa em casa foi decretada no segundo tempo. Aos dez minutos do segundo tempo, em um vacilo de da zaga gremista. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Ediglê – ex-Internacional – sobrou sem marcação na pequena área para cabecear para abrir o placar. Aos 46, em contra-ataque, o atacante Edno garantiu o resultado após driblar o goleiro Victor.

Já o Grêmio perdeu a chance de abrir quatro pontos de vantagem sobre Cruzeiro e Palmeiras, que neste domingo chegaram aos 55 pontos. O Tricolor, ainda líder do Nacional com 56 pontos, viu sua diferença cair e correr o risco

Na próxima rodada, o ainda líder Grêmio retorna a Porto Alegre para o duelo com o Sport no Estádio Olímpico Monumental, na quinta-feira às 20h30 (de Brasília). A Portuguesa só volta a campo no sábado, às 18h20, contra um rival direto na briga para fugir da degola: o Náutico, no Estádio dos Aflitos.

A partida: As duas equipes iniciaram o jogo de forma truncada, apertando a marcação no meio-de-campo. A primeira chance de mais perigo demorou 15 minutos para acontecer, com o volante Preto arriscando um chute da entrada da área para fora do gol gaúcho defendido por Victor.

A resposta do Grêmio veio apenas aos 33 minutos, após muita marcação e erros de passe. Em cobrança de falta, o volante William Magrão arriscou direto e mandou por cima do travessão de Gottardi.

Nos instantes finais de jogo no primeiro tempo, as duas equipes tiveram boas chances de inaugurarem o marcador no Canindé. A Lusa ameaçou aos 42 minutos, quando Edno invadiu a grande área e tentou colocar o chute, mas não pegou em cheio na bola e acabou facilitando a defesa do goleiro gremista.

O líder do Brasileirão também levou perigo nos acréscimos, aos 46 minutos. Após cruzamento na área, o lateral-direito Felipe Mattioni subiu mais que a defesa da Portuguesa e cabeceou no canto direito, tirando tinta da trave rival.

No segundo tempo, o técnico Celso Roth foi forçado a queimar sua primeira alteração logo aos sete minutos: o volante Rafael Carioca sentiu uma lesão, deixou o gramado de maca e precisou ser substituído pelo uruguaio Orteman. E o ferrolho defensivo gremista foi aberto, e a Lusa aproveitou.

Desta forma, aos dez minutos, Preto fez uma linda jogada no meio e quase abriu o placar para a equipe anfitriã: após aplicar um belo corte seco na marcação, o meia chutou rasteiro de fora da área e Victor se espalmou e mandou a bola para escanteio.

Na cobrança do tiro de canto, Athirson levantou a bola no primeiro pau e Réver tentou afastar o perigo. Mas a bola acabou sobrando no alto da pequena área para o zagueiro Ediglê, que testou firme e sem marcação para o fundo das redes do Tricolor gaúcho.

Após o gol a Portuguesa foi aos poucos se fechando para garantir o placar, e nem mesmo as alterações de Roth surtiram efeito. Enquanto Estevam Soares sacou os meias Fellype Gabriel e Preto para as entradas de Gavilán e Héverton, respectivamente, o treinador do Grêmio trocou Soares por Perea no ataque e tirou o zagueiro Pereira para a entrada do meia Souza.

Mesmo assim, quem seguiu pressionando foi a Portuguesa, que quase ampliou aos 35 minutos. Edno lançou Washington na área e deixou o camisa 9 cara-a-cara com Victor. Mas o centroavante luso pegou mal na bola na hora de concluir e mandou por cima do gol.

Mas aos 46 minutos de jogo, em um contra-ataque, a Portuguesa definiu a vitória no Canindé. De cabeça, Héverton lançou Edno, que invadiu a área, driblou Victor e empurrou para o gol, sacramentando o triunfo.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 2 X 0 GRÊMIO  (Veja como foi o jogo lance a lance)

Data:
19 de outubro de 2008, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Marcio Eustaquio Santiago (MG) e Flavio Gilberto Kanitz (GO)
Cartões amarelos: Rai, Preto (Portuguesa) e Soares (Grêmio)
Gols: Ediglê, aos dez minutos do segundo tempo; e Edno, aos 46

PORTUGUESA: Gottardi; Ediglê, Bruno Rodrigo e Erick; Patrício, Rai, Preto (Héverton), Fellype Gabriel (Gavilán) e Athirson; Edno e Washington (Rogério)
Técnico: Estevam Soares

GRÊMIO: Victor; Léo, Pereira (Souza) e Réver; Felipe Mattioni, Rafael Carioca (Orteman), William Magrão, Douglas Costa e Hélder; Soares (Perea) e Morales
Técnico: Celso Roth


Leia mais sobre: Portuguesa Grêmio Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Comemora, Lusa
Time tem motivos de sobra para comemorar na rodada, já que venceu o líder e saiu da degola

Topo