iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/10 - 20:22

Inter bate o Furacão e continua em busca da Libertadores

Colorado, que contou com gols de Nilmar e Alex, chegou aos 46 pontos e deixou Furacão na zona de degola

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O Internacional aproveitou o fato de jogar em casa e bateu o Atlético Paranaense por 2 a 1, no Beira-Rio, mantendo vivo o sonho de conseguir uma vaga na Libertadores da América, com 46 pontos ganhos. O Furacão, por sua vez, permanece na zona de rebaixamento, com 28 pontos, podendo terminar a rodada na penúltima posição.

Assista aos gols de Internacional 2 x 1 Atlético-PR

Com objetivos diferentes, mas precisando da vitória, os dois times começaram tentando pressionar. Aos três minutos, Netinho tentou cruzar fechado e Lauro espalmou para tirar da área. Os gaúchos tentaram responder com Edinho, que tentou passar sozinho pela zaga, mas encontrou Nilmar impedido na hora do passe. Aos poucos o time da casa colocava mais a bola no chão para criar suas jogas de ataque.

D’Alessandro tentava abrir espaço na defesa rubro-negra, mas a marcação era forte. Aos 15 minutos, o meia tentou o lançamento para Andrezinho, que entrou em impedimento. Aos 16 minutos, o Furacão respondeu com Alan Bahia, que bateu de fora da área para defesa de Lauro. Aos 19 minutos, foi a vez de Nilmar ser colocado para correr, mas Gallato saiu do gol e ficou com a bola.

O Rubro-Negro tinha dificuldades para sair jogando e ainda precisava tomar cuidado na defesa para não deixar Nilmar escapar, como aos 24 minutos, quando o atacante quase surpreendeu. Aos 28 minutos, Zé Antônio apareceu pela diagonal e bateu cruzado pela linha de fundo. Usando a mesma arma, aos 35 minutos, Ângelo chutou cruzado para boa defesa do goleiro atleticano. Até que aos 37 minutos, Alex ganhou da zaga e deixou para Nilmar, que tocou para o fundo das redes na saída de Gallato.

No segundo tempo, o jogo voltou mais brigado e as chances de gols eram escassas nos primeiro minutos. Aos três minutos, Nilmar entrou na área, mas foi travado pela zaga. O Furacão tinha apenas as bolas paradas para tentar chegar com perigo mas, aos oito minutos, mais uma vez Netinho deixou fácil para Lauro. Aos 12 minutos, Julio dos Santos tentou o cruzamento, mas fechado demais.

O volume de jogo do time da casa era bem maior do que o do Atlético-PR, mas o Colorado, sem conseguir penetrar na zaga, tocava a bola sem pressa. Aos 18 minutos, depois de tabela com Nilmar, Andrezinho completou pela linha de fundo. Aos 22 minutos, depois de cobrnça de escanteio, Antônio Carlos desviou de cabeça, mas por cima da meta. Aos 27 minutos, Zé Antônio fez falta em Edinho e o árbitro mostrou o cartão vermelho.

Com um jogador a mais o Inter ficou com o jogo nas mãos e aos 29 minutos, Nilmar lançou Alex, que e fuzilou para o fundo das redes, marcando um belo gol. Com o resultado praticamente garantido, os gaúchos cochilaram aos 33 minutos e Ferreira aproveitou para ganhar da zaga e mandar para o gol para descontar. Aos 42 minutos, Ângelo cobrou falta , a bola explodiu na trave e saiu.

Na próxima rodada o Atlético Paranaense continua seu duro caminho para fugir da degola e recebe o Cruzeiro, no sábado, na Arena da Baixada. Já o Internacional vai à Belo Horizonte, onde enfrenta o Atlético Mineiro, no Estádio do Mineirão.

FICHA TÉCNICA
INTER 2 X 1 ATLÉTICO-PR (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 18 de outubro de 2008, sábado
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Cléber Welington Abade (SP)
Assistentes: Evandro Luís Silveira (SP) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO)
Cartões amarelos: Edinho, D’Alessandro (Internacional); Gustavo, Gustavo Lazaretti, Alan Bahia, Chico, Alex Sandro (Atlético-PR)
Cartão vermelho: Zé Antônio (Atlético-PR)

Gols: INTERNACIONAL: Nilmar, aos 37 minutos do primeiro tempo e Alex, aos 29 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-PR: Ferreira, aos 33 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Lauro; Ângelo, Danny Moraes, Bolívar e Gustavo Nery; Edinho, Ramon (Sandro), Andrezinho e D’Alessandro (Taison); Alex (Daniel Carvalho) e Nilmar
Técnico: Tite

ATLÉTICO-PR: Gallato; Gustavo, Antônio Carlos e Gustavo Lazaretti (Anderson Aquino); Zé Antônio, Chico, Alan Bahia, Júlio dos Santos e Netinho (Alex Sandro); Geílson (Pedro Oldoni) e Ferreira
Técnico: Geninho


Leia mais sobre: Inter Atlético-PR Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Vipcomm

Buscando a Libertadores
Inter vence Atlético-PR, chega aos 46 pontos e segue sonhando com a vaga na competição sul-americana

Topo