iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/10 - 08:16

Contra Furacão, Inter tenta chegar mais perto da Libertadores

Colorado quer uma vaga entre os quatro melhores do Brasileirão por causa do seu centenário, que acontecerá em 2009

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Sem vencer no Brasileiro desde a goleada sobre o Grêmio há duas rodadas, o Inter não quer ver destruído o seu sonho de jogar a Libertadores em 2009, ano de seu centenário. Para isso, terá a missão de vencer no Beira-Rio às 18h20 (Brasília) deste sábado um Atlético-PR que vê no confronto da 30º rodada do Campeonato Brasileiro a possibilidade de deixar a zona de rebaixamento.

O inatingível G-4 está a nove pontos do time de Tite. Apesar das probabilidades serem mínimas, o treinador ainda acreditar ser possível conseguir uma vaga para a principal competição das Américas. “É um jogo de fundamental importância. Temos que vencer para entrar na competição e ver novos horizontes”, afirmou.

O comandante colorado acredita que, se a equipe repetir o desempenho dos últimos seis jogos do torneio nessa reta final do Brasileirão, terminará o torneio entre os quatro primeiros. Nesse período foram quatro vitórias, um empate e uma derrota. Pelas contas de momento, o clube precisa somar, ao menos, 25 dos 27 pontos em disputa.

Para melhorar a paisagem no nublado horizonte vermelho, o técnico não poderá contar com quatro titulares. Ricardo Lopes e Índio, suspensos, cedem espaço para Ângelo e Danny Moraes. Guiñazu acelera a sua recuperação de uma luxação no cotovelo esquerdo, mas ainda não está pronto para jogar. Ramon segue sendo o seu substituto.

A baixa de última hora é o volante Magrão, que sente dores na região escrotal e dará lugar ao meia Andrezinho. A intenção é deixar a equipe mais ofensiva e com um melhor toque de bola, favorecendo as triangulações. As outras opções para a vaga de Magrão – Sandro, Rosinei ou Taison – ou deixariam o time mais defensivo ou com uma maior velocidade.

Entre as nuvens ocasionadas pelos desfalques, os raios de sol brilham com os retornos de D’Alessandro, Gustavo Nery e Alex. Os dois primeiros cumpriram suspensão diante do Goiás, o último está a serviço da seleção brasileira. “Só uma vitória interessa e o grupo tem essa consciência, pois queremos manter essa chama acessa para a vaga da Libertadores”, afirmou Andrézinho.

Pelo Furacão, a missão é voltar a vencer fora de casa pra tirar o time da zona de rebaixamento. Os números, no entanto, mostram que o time simplesmente não rende longe na Arena da Baixada. A última vitória fora de seus domínios foi na estréia na competição, no dia 11 de maio, diante do Ipatinga. De lá para cá, 12 derrotas como visitante.

Para piorar a situação, o técnico Geninho teve que quebrar a cabeça durante a semana para montar o time, que tem uma série de desfalques. Na defesa, sem poder contar com Rhodolfo, o comandante atleticano deve novamente colocar Antônio Carlos e Gustavo, seu homem de confiança. Porém, Gustavo Lazzaretti também pode ganhar um lugar caso a opção seja pelo 3-5-2.

Na lateral-direita, Alberto continua vetado e Renan fica com a vaga, enquanto na esquerda Macio Azevedo entra, liberando Netinho para o meio-campo, onde deve fazer dupla com o colombiano Ferreira, que voltou após servir a seleção de seu país. No entanto, se houver mudança no sistema de jogo, ele deve voltar para ala. A novidade deve ser Geílson, que estava afastado, treinando separado, mas pode retornar para resolver o problema da falta e gols do time.

Para Geninho, o time tem que entrar em campo com vontade de vencer, mesmo com a falta de algumas peças importantes. “Vamos com o intuito de vencer. Precisamos recuperar os pontos que perdemos em casa. Será um jogo difícil contra uma equipe bem montada, que tem jogadores de muita qualidade. Vamos respeitá-los, mas temos as nossas necessidades e vamos tentar suprí-las”, finalizou.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X ATLÉTICO-PR

Local:
Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 18 de outubro de 2008, sábado
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Cléber Welington Abade (SP)
Assistentes: Evandro Luís Silveira (SP) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO)

INTERNACIONAL: Lauro; Ângelo, Danny Moraes, Bolívar e Gustavo Nery; Edinho, Ramon, Andrézinho e D’Alessandro; Alex e Nilmar
Técnico: Tite

ATLÉTICO-PR: Gallato; Renan, Gustavo, Antônio Carlos e Márcio Azevedo; Chico, Alan Bahia, Netinho e Ferreira; Geílson e Pedro Oldoni
Técnico: Geninho


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo