iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/10 - 19:02

Santos pede atenção com gols sofridos no começo do jogo

"Falei muito sobre isso com eles. Em duas partidas perdemos com menos de 15 minutos", disse o técnico Márcio Fernandes

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Santos realizou nesta sexta-feira, na Gávea, o seu último treinamento antes da partida deste sábado, às 18h20 (horário de Brasília) contra o Botafogo, no Engenhão. Após uma semana de preparação, incluindo um jogo-treino com o Paulista de Jundiaí, o técnico Márcio Fernandes comandou um treino recreativo procurando relaxar os jogadores às vésperas do confronto.

Para o comandante, o período de dez dias sem jogar – a última partida foi no dia oito deste mês, na derrota para o Grêmio, por 2 a 0 – serviu para que ele procurasse corrigir alguns defeitos da equipe. O objetivo do treinador é evitar que o Peixe sofra gols no começo do jogo, como aconteceu nas derrotas para Goiás e Grêmio.

'Falei muito sobre isso com eles. Em duas partidas perdemos com menos de 15 minutos. Contra o Grêmio tomamos um gol, mas mostramos que tínhamos condições de reagir, pelas chances que criamos para sair de lá com um resultado melhor. Contra o Goiás, não. Por uma falta de atenção fomos liquidados. Temos que entrar ligados, como fazemos na Vila Belmiro˝, comentou Márcio Fernandes.

O goleiro Fábio Costa concorda com o técnico santista e espera que o time entre em campo alerta. ˝ Estou incomodado com a nossa falta de regularidade. O grupo é experiente. Temos atletas com passagens pela seleção brasileira. Não podemos levar gol no início. No meu último jogo contra o Botafogo, era a estréia do Ney Franco e eles mostraram ter uma equipe bem armada. Não podemos deixá-los complicarem a nossa vida˝, alertou.


Leia mais sobre: Santos Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo