iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/10 - 17:07

Rafael Miranda vê o clássico com olhos de torcedor

Atleticano de coração e morador de Belo Horizonte desde criança, volante sabe a importância da partida

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Poucos jogadores do Atlético-MG têm a compreensão do que é um clássico contra o Cruzeiro como Rafael Miranda. Nascido e criado em Belo Horizonte, o volante é atleticano desde criança e sabe do que significa a rivalidade para o torcedor.

Por isto, o jogador consegue se motivar bastante para a partida do próximo domingo.

Ao falar sobre os objetivos do Galo no restante do campeonato, o atleta mostrou um discurso afinado com o que pensa o torcedor nas ruas. “Além de ser um jogo muito importante para a nossa pontuação, é importante para atrapalhar o rival na busca aos líderes”, observou. Em 12º, o Atlético deve se garantir sem problemas na Série A, enquanto o Cruzeiro é o terceiro e almeja o título.

Demonstrando brio, Rafael Miranda destaca não só a rivalidade, mas as derrotas já sofridas este ano. O Galo ainda não venceu clássicos na temporada: em quatro jogos, perdeu três e empatou um. Agora, procura dar o troco não só neste, como em outro rival.

“Eu acredito que o clássico e o Botafogo são dois jogos fundamentais para terminar o ano mais tranqüilo”, destacou o volante. Nos duelos de alvinegros, os mineiros conseguiram apenas um empate e quatro derrotas – duas por goleada – durante o ano.

Rafael Miranda procura ainda lidar com a dicotomia torcedor/jogador. Apesar dos 3 a 0 sobre o Flamengo no Maracanã, nada de euforia para o grande clássico local. “A gente teve uma boa vitória, mas não conquistamos nada ainda. O adversário é forte e é nosso maior rival”, alertou.


Leia mais sobre: Atlético-MG Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias