iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/10 - 16:02

Bosco é absolvido pelo STJD

Goleiro foi parar no banco dos réus por ter se recusado a trocar de uniforme no jogo contra o Ipatinga

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O goleiro Bosco foi absolvido nesta sexta-feira em julgamento realizado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O arqueiro sentou no banco dos réus por ter se recusado a trocar de uniforme antes da partida entre São Paulo e Ipatinga, dia 4 de outubro.

Na ocasião, o atleta atuou como titular porque Rogério Ceni estava contundido. Bosco, então, corria o risco de ser suspenso de um a quatro jogos, mas acabou absolvido por unanimidade pelo STJD.

A confusão com o goleiro foi citada na súmula da partida. O quarto árbitro responsável pelo jogo, Elmivan Alves Andrade, relatou que solicitou que Bosco trocasse de uniforme antes de iniciar o compromisso. Em vez de jogar inteiro de preto, o arqueiro teria de usar camisa e calção azuis, com meias pretas.

Porém, segundo o relato na súmula, o goleiro se recusou a mudar porque “não iria combinar”. O quarto árbitro alega que Bosco não acatou ao pedido “por mera má vontade”. O STJD, porém, não constatou irregularidade na confusão.


Leia mais sobre: São Paulo Campeonato Brasileiro Bosco



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo