iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/10 - 09:06

Verdão promete se lançar ao ataque para mostrar força em casa

Nos 13 jogos que realizou em seu estádio, o Palmeiras venceu 11, empatou um e perdeu outro

Gazeta Esportiva


SÃO PAULO - A escolha do Palestra Itália como local do duelo contra o São Paulo às 16 horas deste domingo ainda arranca sorrisos no Palmeiras. Ninguém no time esconde que poder jogar em casa, onde a equipe só perdeu uma vez em 2008, é uma arma importante diante do arqui-rival.

E a ordem para se dar bem é atacar incessantemente.

“O Palmeiras busca o jogo sempre. Agora estamos a dois pontos do líder e temos o objetivo de vencer, por isso vamos procurar atacar. Claro que com responsabilidade, mas pensando somente na vitória”, avisa Alex Mineiro, um dos principais alvos das jogadas ofensivas de Vanderlei Luxemburgo.

A explicação da confiança alviverde está no retrospecto no Parque Antártica neste Brasileiro: nos 13 jogos que realizou em seu estádio, o Verdão venceu 11, empatou um e perdeu outro. Um aproveitamento de quase 84% dos pontos disputados que faz até os jogadores mais avessos a polêmicas admitirem o favoritismo.

“Vai ser um jogo difícil porque é um clássico e os dois times se conhecem bastante. Mas jogando em casa nós temos que impor o nosso ritmo. Conhecemos o nosso estádio e somos muito fortes lá. Só perdemos um jogo em casa no ano todo”, exalta Elder Granja, acompanhado por um Alex Mineiro mais cauteloso. “Os números mostram como é o nosso aproveitamento em casa, mas não podemos esquecer que é um clássico”, avisa o atacante.

Além de evitar provocações ao arqui-rival, o alerta do artilheiro é também para o aspecto decisivo do confronto. Os comandados de Luxemburgo têm evitado classificar o clássico como “tudo ou nada para o Palmeiras no campeonato”, mas reconhecem que uma derrota esfriaria muito os ânimos na reta final do Nacional.

“A importância de uma vitória no domingo é muito grande. Dependendo do resultado do Grêmio, podemos encostar ou até ultrapassá-los na liderança. Se acontecer um resultado adverso, o campeonato não acabou ainda, mas vai ficar mais difícil ter que tirar cinco pontos em oito jogos”, projeta Alex Mineiro, em discurso similar ao de Granja.

“Este jogo vale mais do que três pontos para os dois lados, e isso é uma motivação a mais para todo mundo. Quem ganhar, fica mais motivado para o resto dos jogos. Mas ainda é muito cedo para dizer se quem perder o clássico não tem chances de título, porque depois do jogo ainda vão ter oito rodadas. A briga vai ser grande até a última rodada”, prevê o lateral-direito.

Dá-lhe Lusa! Seja qual for o resultado do duelo com o São Paulo, os jogadores palmeirenses já têm um compromisso depois do confronto no Palestra Itália: assistir à partida entre Portuguesa e Grêmio, com início marcado para as 18h10 no Canindé. Alex Mineiro promete que estará de olho nos líderes do Brasileiro.

“Vamos ficar ligados nos resultados, isso faz parte do campeonato, ainda mais com um Brasileiro tão competitivo. Como moro perto do Palestra, vai dar para chegar em casa e ainda assistir ao segundo tempo”, conta o atacante, ressabiado em assumir que torcerá contra os gaúchos. “Não vou ‘secar’, o importante é fazer a nossa parte”, começou o discurso antes de admitir: “Tá bom, vou torcer para a Portuguesa”.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Ao ataque !
Deixando as provocações de lado, Alex Mineiro garante que Palmeiras vai para cima do São Paulo

Topo