iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/10 - 21:17, atualizada às 22:44 16/10

Basile pede demissão e não é mais técnico da Argentina

Assim como o Brasil, os hermanos apresentam campanha irregular nas Eliminatórias; Na última quarta a equipe de Alfio foi derrotada pelo Chile por 1 a 0, em Santiago

Reuters

BUENOS AIRES (Argentina) - Alfio Basile pediu demissão do cargo de técnico da seleção argentina nesta quinta-feira, informou a mídia local. Basile, de 64 anos, deixa a função após os maus resultados da Argentina, que ocupa o terceiro lugar nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, disse a imprensa do país.

Na quarta-feira, a equipe argentina perdeu de 1 x 0 para o Chile e estacionou nos 16 pontos, um a menos que o Brasil e sete atrás do líder do Paraguai. Foi a primeira derrota argentina para os chilenos em uma partida oficial.

Basile assumiu o cargo em setembro de 2006, no lugar de José Pekerman, na segunda passagem dele pela seleção argentina. A primeira foi entre 1990 e 1994.

Basile foi o técnico que levou a Argentina a ganhar pela última vez a Copa América, em 1993, depois de conquistar o mesmo título em 1991.

Em 2007, a seleção argentina perdeu a final da Copa América para o Brasil, por 3 x 0.

A imprensa local disse que Sergio Batista, campeão do mundo com a seleção argentina na Copa do México-1986 e treinador da equipe sub-23 que levou a medalha de ouro nos Jogos de Pequim, substituirá Basile.


Leia mais sobre: Eliminatórias Argentina Alfio Basile



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Hermanos oscilando
Argentina de Basile chegou a ficar 4 partidas sem vencer nas Eliminatórias e ocupa a 3ª posição

Topo