iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/10 - 14:40

René Simões quer que Washington mire a artilharia

Técnico acredita que se artilheiro continuar marcando gols, irá ajudar Fluminense a permanecer na série A

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Com 17 gols, o atacante Washington está a apenas três tentos de distância do artilheiro do Campeonato Brasileiro Kléber Pereira. Por isso, o jogador, que começa a ser questionado sobre a artilharia do torneio, recebeu sinal verde do técnico René Simões para buscar a marca.

“A meta do Washington deve ser a artilharia. Se ele fizer gols vai nos ajudar. Isso é lógico e vai ser bom para todo mundo. Sempre tive muita vontade de trabalhar com o Washington. Fiquei muito emocionado com a história de vida dele. Ele não é vedete, está sempre na frente e quer treinar bastante. Estou muito satisfeito com o rendimento dele”, afirmou o treinador tricolor.

No entanto, o atacante adota a cautela na hora de abordar o tema. “Meu objetivo é ajudar o coletivo. Sei que uma coisa leva a outra. Com os gols, o Fluminense vai fugir da zona de rebaixamento. Espero poder ajudar. Se eu for até o final jogando, sem suspensões, vou render muito mais. Temos nove jogos e é a oportunidade de voltar a ser como na Libertadores. O importante é pensar jogo a jogo. Hoje, o pensamento é o Vitória, sem pensar em zona de rebaixamento ou em algumas contas”, declarou.

Atuando em 19 partidas e com 17 gols, Washington tem uma média de 0,89 gols por jogo. Este aproveitamento é maior do que o do artilheiro Kléber Pereira, que tem 20 tentos em 28 confrontos, dando uma média de 0,71.

Se conseguir sagrar-se artilheiro do Brasileirão, esta não será a primeira vez para Washington. Em 2004 o atacante estabeleceu o maior número de gols de um jogador na competição ao marcar 34 gols pelo Atlético-PR.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo