iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/10 - 10:30

Jogos nos quais hino francês for vaiado serão interrompidos
Medida foi tomada após incidentes ocorridos no amistoso contra Tunísia, ex-colônia francesa

Trivela.com

PARIS (França) - Qualquer partida na qual o hino francês for vaiado será interrompida. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira por Roselyne Bachelot, ministra dos Esportes do país. A medida foi motivada pelos incidentes ocorridos antes do amistoso dos Bleus contra a Tunísia, na terça, no Stade de France.

Na ocasião, assim que os primeiros acordes da Marseillaise foram executados, grande parte da torcida começou a vaiá-la. A maioria dos torcedores era formada por tunisianos. Esta não foi a primeira vez na qual isso ocorreu. Em amistosos contra Argélia e Marrocos, outras ex-colônias da França, o hino foi vaiado.

“Todo jogo no qual nosso hino for hostilizado será interrompido. Os membros do governo deixarão imediatamente o estádio no qual isso ocorrer. O tempo de suspensão da partida será definido pelo presidente da federação [Jean-Pierre Escalettes], afirmou Roselyne.

Bernard Laporte, secretário de Estado dos Esportes, defende um ponto de vista mais radical. “Deixemos de ser hipócritas; não façamos mais este tipo de partida [amistosos contra ex-colônias francesas]”, disse. Já François Fillon, primeiro-ministro francês, classificou o episódio como ‘um insulto para a França e os jogadores franceses’.

Jean-Marie Lê Pen, líder da extrema-direita francesa, também se manifestou sobre o caso. Para ele, as vaias ‘provaram a falha do multiculturalismo’, e ‘a integração das massas estrangeiras à nossa cultura é um erro e uma utopia’.

 

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo