iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/10 - 13:50

Cruzeiro prega respeito às vésperas do clássico com o Galo
O clube celeste ocupa a terceira posição do Campeonato Brasileiro com 52 pontos, 15 a mais que o Galo, 12º

 

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro vem adotando ao longo desta semana um discurso bastante moderado em relação ao clássico de domingo, diante do arqui-rival Atlético-MG. Mesmo vivendo um momento muito melhor do que o Galo, os jogadores da Raposa desconversam quanto ao favoritismo para o duelo no Mineirão.

O clube celeste ocupa a terceira posição do Campeonato Brasileiro com 52 pontos, 15 a mais que o Galo, 12º. Além disso, venceu três vezes o jogo mais importante de Minas Gerais – uma delas por 5 a 0 – e houve apenas um empate. Mesmo assim, o assunto ‘favoritismo’ parece ser um tabu entre os atletas da Raposa.

“São duas equipes com situações distintas, mas o jogo tem toda a honra e a tradição de um clássico”, discursou o atacante Guilherme. “A gente só vai saber o vencedor da partida no apito final”, desconversou o atacante Guilherme.

O Atlético-MG deu sinais de recuperação na última rodada. Jogando no Maracanã, o Alvinegro venceu o Flamengo por 3 a 0, e ganhou moral para o clássico. No Cruzeiro, porém, os jogadores não acreditam que o resultado vá ter influência no próximo jogo. “Aumenta a pressão para os dois lados, porque tanto nós quanto eles necessitamos da vitória”, lembrou o jovem atacante da Raposa.

Ex-jogador dos dois clubes, o técnico Adilson Batista sabe que a importância da partida vai muito além de pontos na tabela. “Envolve o Estado e o Brasil. Mexe com muita gente e nós sabemos da responsabilidade. É um jogo importante pelos nossos objetivos, então vamos trabalhar corretamente para que no domingo consigamos ter uma grande atuação e vencê-los”, ensaiou o treinador cruzeirense.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo