iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/10 - 22:20

Chile vence Argentina e impede que rival chegue à vice-liderança

Gol da vitória dos chilenos sobre os argentinos por 1 a 0 em Santiago, foi marcado por Orellana, aos 35 do 1º tempo

Gazeta Esportiva

SANTIAGO (Chile) - O Chile venceu a Argentina por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Santiago, e ingressou no G-4 das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010. O resultado deixou as duas equipes empatadas com 16 pontos, mas os argentinos levam vantagem no saldo de gols. Os chilenos, em quarto lugar, estão à frente do Uruguai, quinto colocado com 13 pontos.

Nos momentos iniciais do jogo, a Argentina conseguiu manter a posse de bola por mais tempo, trocando passes e impedindo o time da casa de criar jogadas de ataque. No entanto, após a metade do tempo, o Chile passou a trabalhar melhor a bola e levou perigo ao gol de Carrizo, conseguindo o gol, em boa jogada de Carmona.

Aos 15 minutos, em uma disputa de bola pelo ar, Mark González acertou uma cabeçada na nuca de Burdisso, que caiu no chão desacordado. O jogador argentino foi retirado de maca, sendo levado diretamente para a ambulância, quando já recobrava os sentidos. O chileno também sofreu com o choque e teve que ser substituído.

Aos 35 minutos veio o gol da equipe chilena, quando Carmona subiu bem pela direita, tocando para Medel, que tocou cruzado para Orellana, que chutou forte sem chances para o goleiro Carrizo.

Depois disso a equipe anfitriã se animou para seguir firme no confronto. A Argentina não conseguiu levar perigo ao gol chileno. Por outro lado, o time de Marcelo Bielsa também se contentou com um tento de vantagem, voltando para os vestiários com o placar de 1 a 0 a favor.

No segundo tempo, a torcida comemorou novamente o domínio do time da casa, que não deu chances para os argentinos chegarem ao empate. Mais do que isso, o Chile chegou a criar novas oportunidades para ampliar a vantagem.

Aos 16 minutos da segunda etapa, o Chile realizou uma bela jogada pela direita, novamente com com Carmona. O jogador recebeu bom lançamento na direita, dominou com um chapéu no adversário e cruzou para Matías Fernández, que chutou de primeira, mas o goleiro argentino espalmou para evitar mais um gol chileno.

O jogo seguiu tranqüilo para os donos da casa até os 37 minutos, quando o argentino Lionel Messi realizou boa jogada pela direita, e toocando de maneira sutil para encobrir Bravo, mas a zaga fez corte providencial e evitou o empate do time adversário.

Desta maneira, a partida terminou com a vitória chilena, que impediu de vez a ascensão da Argentina ao segundo lugar das Eliminatórias Sul-americanas. O time da casa ainda subiu aos mesmos 16 pontos dos argentinos, sendo superados no saldo de gols.

O próximo confronto do Chile nas Eliminatórias será contra o Peru, na casa do adversário, enquanto a Argentina recebe a Venezuela.


Leia mais sobre: Chile Argentina Eliminatórias



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reuters

Vitória em casa
Chilenos surpreenderam os hermanos por 1 a 0, chegando aos mesmos 16 pontos do rival

Topo