iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/10 - 13:54

Sem Kuranyi, Alemanha quer manter invencibilidade nas Eliminatórias da Europa

Além dos alemães, seleções como Espanha, Inglaterra e Itália lutarão para fechar 2008 sem perder na competição

EFE

BERLIM (Alemanha) - Tentando superar a crise gerada pelo desligamento do atacante brasileiro naturalizado alemão Kevin Kuranyi, a seleção da Alemanha se concentra para a última rodada do ano das Eliminatórias Européias à Copa do Mundo de 2010.

Além dos alemães, seleções poderosas como Espanha, Inglaterra e Itália lutarão para fechar 2008 sem perder na competição.

Pelo grupo 1, os portugueses buscarão se aproximar de Dinamarca e Suécia, líder e vice-líder, respectivamente. A equipe comandada por Carlos Queiroz, terceira colocada, faz campanha irregular e vem de um empate sem gols com os suecos.

Nesta quarta, os portugueses receberão a Albânia em Braga, enquanto Malta enfrentará a Hungria em Ta'Qali.

No Pireu, Grécia e Suíça fazem o principal jogo da rodada da chave 2. Os campeões europeus de 2004 têm 100% de aproveitamento e lideram com nove pontos.

Por sua vez, a Letônia receberá Israel em Riga, enquanto Luxemburgo jogará em casa contra a lanterna Moldávia.

No grupo 3, a líder Polônia vai encarar a Eslováquia, terceira colocada, em Bratislava. Ocupando o segundo lugar com os mesmos sete pontos dos poloneses, a Eslovênia enfrentará os tchecos fora de casa.

A República Tcheca é uma das decepções destas Eliminatórias: a equipe ocupa o quarto lugar, com apenas um ponto.

Por outro lado, quem faz boa campanha é a Alemanha, líder do grupo 4, com sete pontos. Apesar da invencibilidade, a equipe viveu uma crise no fim de semana, com a saída de Kevin Kuranyi.

Insatisfeito por não ser relacionado para o jogo contra a Rússia, em Dortmund, o jogador do Schalke 04 foi embora do estádio. O fato irritou o técnico Joachim Löw, que anunciou que não voltará a convocar o atacante.

Na rodada desta quarta, os tricampeões mundiais receberão o País de Gales em Moenchengladbach.

Já a Rússia do atacante Andrei Arshavin tentará se reabilitar contra a Finlândia, em Moscou.

Líder do grupo 5, a Espanha é outra equipe com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias. Os comandados de Vicente del Bosque irão a Bruxelas para encarar a Bélgica, que está em segundo.

O confronto reunirá os dois artilheiros da competição. O espanhol David Villa e o belga Wesley Sonck marcaram quatro gols cada.

Por sua vez, a Bósnia receberá Armênia em Zenica. Miroslav Blazevic, técnico dos anfitriões, convidou o ex-atacante croata Davor Suker para assistir à partida. O treinador trabalhou com o ex-jogador na Copa do Mundo de 1998, quando comandava a seleção daquele país.

A rodada ainda terá o duelo de Estônia e Turquia, em Tallinn.

Já pelo grupo 6, a Inglaterra do técnico italiano Fabio Capello lutará pela quarta vitória em quatro jogos ao enfrentar Belarus em Minsk.

A equipe terá os desfalques do zagueiro John Terry e do lateral-esquerdo Ashley Cole, ambos do Chelsea de Luiz Felipe Scolari.

Terry sofre de uma lesão nas costas e já ficou fora da partida contra o Cazaquistão, vencida pelos ingleses por 5 a 1, no último sábado, em Wembley.

Já Cole - muito vaiado no sábado, após dar um passe errado que resultou no gol do Cazaquistão - tem um problema muscular na perna que o impede de viajar para Minsk com o resto da equipe.

O outro jogo do grupo será entre a irregular Croácia e Andorra, em Zagreb.

Pelo grupo 7, a líder Sérvia enfrentará a Áustria em Viena, enquanto a Lituânia, segunda colocada, receberá as Ilhas Faroe.

Atuais campeões do mundo, os italianos tentarão vencer Montenegro, em Lecce, após o empate sem gols com a Bulgária no sábado, pelo grupo 8.

O técnico Marcello Lippi pode ter problemas no meio campo. Além do fraco rendimento de Riccado Montolivo contra os búlgaros, os meias Daniele De Rossi e Gennaro Gattuso são dúvidas, com problemas musculares e no joelho, respectivamente.

Já o atacante Luca Toni está fora, suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

A rodada também terá a vice-líder Irlanda recebendo o Chipre em Dublin, e a Geórgia encarando a Bulgária em Tbilisi.

Tranqüila na liderança da chave 9, a Holanda vai a Oslo para enfrentar a Noruega. No outro jogo do grupo, a Islândia receberá a Macedônia e lutará para deixar a lanterna.

Nas Eliminatórias, os líderes de cada grupo garantirão uma vaga na Copa de 2010. Já os oito melhores vice-líderes disputarão um playoff que definirá mais quatro classificados para o Mundial da África do Sul.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo