iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/10 - 17:34

Presidente do Rosario Central se desculpa após ofender jogadores

"O Rosario Central vai subir na tabela. Vai subir ou vou ter que matar estes filhos da p..." disse Horacio Usandizaga

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - O presidente do Rosario Central, da Argentina, fez nesta terça-feira um pedido de desculpas aos jogadores, a quem ofendeu na semana passada. O cartola Horacio Usandizaga se desculpou pelos termos fortes que usou nas críticas à equipe, que ocupa a penúltima colocação do torneio Apertura do Campeonato Argentino.

Nesta terça, foi divulgado um vídeo com imagens gravadas na semana passada, no qual o dirigente aparecia xingando os jogadores. "O Rosario Central vai subir na tabela. Vai subir ou vou ter que matar estes filhos da p... Jogadores, técnicos ou o que c... sejam", disse.

Manuel Usandizaga, assessor do clube e filho do presidente, admitiu que o cartola errou. "Foi um produto da personalidade verborrágica que meu pai sempre teve", disse Manuel, que garantiu que o presidente está arrependido.

"Para ele, é difícil pedir desculpas, pois é muito orgulhoso. Mas queremos apresentar nosso pedido de desculpas a sócios, jogadores, técnico e à Associação do Futebol Argentino (AFA)", acrescentou.

Recentemente, a equipe trocou de técnico. Gustavo Alfaro assumiu o comando da equipe, no lugar de Pablo Sánchez. Outro alvo das declarações fortes do presidente foi a suposta falta de dedicação de seus jogadores.

"Estou irritado porque todas as obrigações assumidas com os técnicos, os jogadores e empregados do clube são cumpridas religiosa e pontualmente. Rompemos nosso c... todos os dias. Os jogadores devem romper o c... em campo, mas usando a cabeça também", disse.

"Eu disse que este era um torneio de transição, mas isso não justifica o futebol apresentado até agora, que é uma m..., uma bagunça em campo", completou.

Usandizaga também se queixou do fato de seus atletas terem cobrado premiações para escapar do rebaixamento, e não por uma eventual conquista do título na temporada passada.

"Os jogadores cobraram US$ 1 milhão por escapar do rebaixamento, não para ser campeões. Nunca vi nesta minha p... de vida tanto dinheiro junto, e isso porque sou advogado há 47 anos. E jogando deste jeito, a equipe acabará na segunda divisão", afirmou.


Leia mais sobre: Rosario Central Argentina



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo