iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/10 - 14:44

Peru nega perda do direito de sediar Sul-Americano Sub-20

Segundo o chefe de imprensa da federação, Wilmer del Aguila, a afirmação é falsa e Peru sediará o torneio

EFE

LIMA (Peru) - A federação peruana de futebol negou que tenha perdido o direito de sediar o Campeonato Sul-Americano do ano que vem, conforme divulgado pelo jornal uruguaio "El Observador".

Mais cedo, a publicação uruguaia disse que a competição, entre 16 de janeiro e 8 de fevereiro, iria ao Paraguai por conta dos problemas entre o Governo do país e a federação.

Segundo informou o chefe de imprensa da federação, Wilmer del Aguila, a afirmação é falsa. "O Peru segue trabalhando em tempo integral para sediar o torneio", afirmou.

O anúncio foi feito por Ovidio Cabral, diretor da federação uruguaia, ao "El Observador".

Cabral disse que a decisão foi confirmada pelo também uruguaio Eugenio Figueredo, vice-presidente da Confederação Sul-Americana (CSF).

No entanto, Del Aguila ressaltou que os responsáveis pelo comitê organizador do campeonato, liderados por Agustín Lozano, entraram em contato hoje mesmo com Figueredo, e ele negou ter dado as declarações.

"Para que a mudança de sede ocorresse, a CSF tinha de ter nos avisado previamente e enviar um comunicado oficial. Nada disso ocorreu, e por isso continuamos", afirmou.

A federação peruana vive problemas com o Governo por conta de irregularidades no seu processo eleitoral, já que Manuel Burga foi reeleito apesar de estar inabilitado para o cargo.

A briga fez até com que as contas da entidade fossem congeladas - o que obrigou um pedido de empréstimo de US$ 200.000 à liga profissional para arcar com os custos das últimas partidas das Eliminatórias. As autoridades querem a renúncia de Burga.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo