iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/10 - 16:34

Geovanni e Rochemback figuram entre piores do Barça em votação

Site espanhol promoveu enquete que perguntava quais os piores jogadores do time nos últimos 20 anos

Por Bruno Pessa, do iG Esporte

SÃO PAULO - O meia-atacante Geovanni, ex-Cruzeiro, hoje veste a camisa do Hull City, da Inglaterra. O volante Fábio Rochemback, revelado pelo Internacional, está em sua segunda passagem pelo português Sporting. Mas os dois não deixam a lembrança dos torcedores do Barcelona, segundo enquete promovida pelo site do jornal espanhol Sport. A pergunta: quais os piores 11 jogadores do Barça nos últimos 20 anos?

De acordo com a preferência dos 51.075 votantes, o título de 'pior dos piores' nas últimas duas décadas coube ao atacante espanhol Santi Ezquerro, atualmente no Osasuna. Ele é seguido pelo lateral-esquerdo holandês Winston Bogarde e pelo atacante argentino Maxi López.

Rochemback surgiu como grande promessa no Inter, e rapidamente ganhou convocações na seleção brasileira e uma oportunidade no Barcelona em 2001. Seguidas lesões e poucas chances dadas pelo técnico holandês Louis van Gaal abreviaram sua passagem pela Catalunha, marcada mais por frustrações que por alegrias.

Também no ano de 2001, Geovanni chegou ao Barcelona, que não se intimidou a abrir seus cofres após as bem sucedidas passagens dos também meias-atacantes Giovanni, ex-Santos, e Rivaldo, ex-Palmeiras. Mas o sucesso de Geovanni viria mesmo nos campos da Inglaterra.  

Arte/iG Esporte
geo
Rochemback (à esquerda, de verde e branco) e Geovanni (à direita) foram lembrados


Veja os piores por posição:

Goleiro
Rustu Recber (Turquia)
Robert Enke (Alemanha)
Richard Dutruel (França)

Lateral-direito
Gbenba Okunowo (Nigéria)
Gianluca Zambrotta (Itália)

Zagueiros
Philippe Christanval (França)
Frédéric Dehu (França)

Mario Hierro (Espanha)
Manolo Hierro (Espanha)

Lateral-esquerdo 
Winston Bogarde (Holanda)

Meio-campistas
Xabier Eskurza (Espanha)
Fabio Rochemback (Brasil)
Dragan Ciric (Sérvia)
Emmanuel Petit (França)
Jari Litmanen (Finlândia)
Robert Prosinecki (Croácia)

Atacantes
Santi Ezquerro (Espanha)
Geovanni (Brasil)
Maxi López (Argentino)
Angel Cuéllar (Espanhol)
Christophe Dugarry (França)
Xavi Escaich (Espanhol)
Emmanuel Amunike (Nigéria)


Leia mais sobre: Geovanni Fábio Rochemback



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

Apesar do 14
Ezquerro foi apresentado com o número que Henry herdaria, mas ficou bem abaixo do francês

Topo