iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/10 - 09:38

Cruzeiro, segundo números, tem tabela mais fácil na reta final
O time de Belo Horizonte sai na frente dos concorrentes diretos pelo título, pelo menos na teoria da classificação

Por Mário André Monteiro, do iG Esporte

SÃO PAULO - Faltam apenas nove rodadas para o término do Brasileirão e, diferente dos outros torneios de pontos corridos, cinco times ainda estão na briga pelo título. Grêmio, Palmeiras, Cruzeiro, São Paulo e Flamengo travam uma disputa ponto a ponto em busca da conquista nacional.

Fizemos uma análise dos confrontos de cada equipe para saber, na teoria, qual delas sai na frente. A soma dos pontos dos nove adversários de cada concorrente ao título equivale ao grau de dificuldade do caminho a ser seguido no torneio. Quanto maior o resultado, mais difícil a tabela.

Ao somar os pontos, quando o candidato ao título joga em casa, dividimos por dois a pontuação total do adversário. Afinal, os fatores campo e torcida são fundamentais para a vitória. No caso dos clássicos cariocas — Flamengo x Vasco e Flamengo x Botafogo — e do clássico mineiro — Cruzeiro x Atlético-MG —, as pontuações totais dos rivais foram mantidas, já que as partidas acontecem em campos neutros (Maracanã e Mineirão).

Já nos clássicos paulistas — Palmeiras x São Paulo, Santos x Palmeiras e Portuguesa x São Paulo —, como cada equipe joga em seu estádio diante de suas torcidas, não houve divisões nas pontuações.

Grêmio e Flamengo têm, no papel, um caminho mais difícil até o título. Os adversários restantes nas nove partidas de gaúchos e rubro-negros somam 281,5 pontos na tabela de classificação. Entretanto, o Fla joga mais vezes no Maracanã, sua casa.

O São Paulo vem logo na sequência, com a pontuação de seus próximos rivais resultando 273,5. Já os adversários do Palmeiras, somando-se os pontos resultam em 267,5. O Cruzeiro é o time que enfrenta equipes mais "fáceis", que somam 263,5 pontos no total

Assim, veja abaixo como ficou a ordem dos clubes que brigam pelo título, considerando um caminho teoricamente mais fácil para o mais difícil:

1º - Cruzeiro
Já contando o clássico regional contra o Atlético-MG, a Raposa terá cinco jogos no Mineirão e quatro longe dele. Na soma dos pontos dos adversários, 263,5, o Cruzeiro tem confrontos contra times piores colocados na tabela.

Atlético-MG (C) - 37 pontos
Atlético-PR (F) - 28 pontos
Grêmio (C) - 56 pontos (28 na divisão)
Goiás (F) - 44 pontos
Fluminense (C) - 30 pontos (15 na divisão)
Náutico (F)  - 30 pontos
Flamengo (C) - 49 pontos (24,5 na divisão)
Internacional (F) - 43 pontos
Portuguesa (C) - 28 pontos (14 na divisão)

2º - Palmeiras
O Verdão joga cinco dos últimos nove jogos no Palestra Itália, No entanto, uma dessas partidas é o clássico contra o São Paulo. Já seus adversários até o final do Brasileirão somam 267,5 pontos.

São Paulo (C) - 52 pontos (26 na divisão)
Fluminense (F) - 30 pontos
Goias (C) - 44 pontos (22 na divisão)
Santos (F) - 33 pontos
Grêmio (C) - 56 pontos (28 na divisão)
Flamengo (F) - 49 pontos
Ipatinga (C) - 27 pontos (13,5 na divisão)
Vitória (F) - 43 pontos
Botafogo (C) - 46 pontos (23 na divisão)

3º - São Paulo
Ainda faltam mais quatro jogos no Morumbi para o Tricolor Paulista. E das cinco partidas longe de seu estádio, duas acontecem na capital paulista - clássicos contra Palmeiras e Portuguesa. Seus adversários até o término da competição somam 273,5 pontos.

Palmeiras (F) - 54 pontos
Vitória (C) - 43 pontos (21,5 na divisão)
Botafogo (F)  - 46 pontos
Internacional (C) - 43 pontos (21,5 na divisão)
Portuguesa (F)  - 28 pontos
Figueirense (C) - 33 pontos (16,5 na divisão)
Vasco (F) - 27 pontos
Fluminense (C) - 30 pontos (15 na divisão)
Goiás (F) - 44 pontos

4º - Flamengo
O Rubro-Negro é o que mais tem jogos em casa. Do total, seis partidas acontecem no Maracanã, sendo duas delas contra Vasco e Botafogo, clássicos cariocas. As outras três acontecem fora do Rio de Janeiro. 281,5 é a soma de pontos dos rivais do Fla até o final do Brasileirão.

Vasco (F) - 27 pontos
Coritiba (C) - 45 pontos (22,5 na divisão)
Vitória (F) - 43 pontos
Portuguesa (C) - 28 pontos (14 na divisão)
Botafogo (F) - 46 pontos
Palmeiras (C) - 54 pontos (27 na divisão)
Cruzeiro (F) - 52 pontos
Goiás (C) - 44 pontos (22 na divisão)
Atlético-PR (F) - 28 pontos

5º - Grêmio
Dos nove jogos que ainda restam, o Tricolor Gaúcho fará cinco deles longe do estádio Olímpico e quatro diante de sua torcida. A soma dos pontos de todos os adversários que o Grêmio tem pela frente é 281,5, um caminho mais árduo em comparação aos seus concorretes ao título.

Portuguesa (F) - 28 pontos
Sport (C) - 40 pontos (20 na divisão)
Cruzeiro (F) - 52 pontos
Figueirense (C) - 33 pontos (16,5 na divisão)
Palmeiras (F) - 54 pontos
Coritiba (C) - 45 pontos (22,5 na divisão)
Vitória (F) - 43 pontos
Ipatinga (F) - 27 pontos
Atlético-MG (C) - 37 pontos (18,5 na divisão)


Leia mais sobre: Cruzeiro Palmeiras São Paulo Flamengo Grêmio Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Reta final do Brasileirão
De acordo com a análise do iG Esporte, o Cruzeiro tem a tabela mais "fácil" até o término

Topo