iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/10 - 17:58

Árbitro de Brasil e Colômbia é o "Vuaden" das Eliminatórias

Pelo número de faltas marcadas por jogo, Selmán deve deixar a bola rolar no duelo desta quarta-feira

Por Renan Justi, da Footstats

RIO DE JANEIRO - O confronto de quarta-feira entre Brasil e Colômbia, válido pela 10ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2010, promete ser um jogo corrido. Pelo menos no que depender da arbitragem de Rubén Selman, que tem a menor média de faltas marcadas entre os árbitros da competição: 29,5 por jogo*.

Estatisticamente, o desempenho do juiz chileno é semelhante ao do gaúcho Leandro Vuaden, conhecido no Brasileirão por marcar poucas faltas e, assim, deixar a bola rolar. O brasileiro assinala, a cada rodada, 29,4 infrações. Além dessa diferença mínima, os dois árbitros distribuem em média 3 amarelos por jogo.

Sem apitar nessas Eliminatórias desde a vitória por 1 a 0 da Colômbia sobre a Venezuela, Selman registrou nesse confronto um recorde: o menor número de faltas (6) contra uma única seleção, no caso a Colômbia.

Sem dar tanta liberdade aos jogadores e dinamismo à partida, Carlos Eugênio Simon é outro que representa o Brasil no quadro de árbitros sul-americanos. Sua média em marcações de faltas é de 38. Ele ainda advertiu 13 jogadores com amarelo e teve personalidade para expulsar Tevez, em pleno Monumental de Nuñez, no empate da Argentina contra o Paraguai.

Veja abaixo os números do árbitro chileno Rubén Selman nessas Eliminatórias:

Jogos

Faltas

Gols

Amarelos

Vermelhos

Rubén Selman

2

59

6

6

1

*árbitros que trabalharam em pelo menos duas partidas


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo