iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/10 - 15:08

Kléber pede compreensão ao STJD: “Também apanho muito”
Para o atacante, uma possível suspensão neste momento criaria um clima ruim para a reta final do Brasileiro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Novamente sob o risco de uma suspensão no Campeonato Brasileiro, o atacante Kléber continua chateado com a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) de analisar as imagens de sua disputa com o zagueiro Asprilla, do Figueirense. Na partida da última quarta-feira, o camisa 30 acertou o cotovelo no rosto do adversário em uma disputa pelo alto.

Kléber garante que não teve a intenção de machucar o adversário, tanto que recebeu o perdão de Asprilla ainda no gramado. Ainda por cima, ele avisa ao STJD que também tem sofrido muito com a violência dos rivais.

”Eu sei que sou um jogador chato, marco, chego junto. Os zagueiros não são acostumados a isso e chegam pesado em mim. O STJD precisa entender que também sofro”, explicou Kléber, em entrevista à Rádio Jovem Pan.

Para Kléber, uma possível suspensão neste momento criaria um clima ruim para a reta final do Campeonato Brasileiro. “Acho que não preciso ir a julgamento, está ficando uma coisa chata, fica um clima que houve pressão de times adversários como Grêmio, São Paulo e Flamengo. O contrário, falariam que o Palmeiras estaria envolvido”, comparou.

A partir de agora, Kléber quer acabar de vez com a imagem de atleta indisciplinado. Antes da polêmica na capital catarinense, o jogador já comemorava a diminuição do número de advertências sofridas. No total, ele já recebeu dez cartões amarelos e três vermelhos no Campeonato Brasileiro.

”Ano passado, aconteceu isso com o Valdívia aqui e depois foi deixado de lado. Você é rotulado pela imprensa, mas precisa trabalhar para acabar com isso”, finalizou Kléber.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo