iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/10 - 21:29

Irônico, Juvenal concorda com favoritismo do Palmeiras

“Acho bom que eles pensem assim e acho que devam se conscientizar de que são favoritos", disse presidente

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - As declarações dos jogadores do Palmeiras de que o time de Vanderlei Luxemburgo é favorito para o clássico de domingo já repercutiu pelos lados do São Paulo. Durante o lançamento da primeira loja Sao Store, em um shopping da capital paulista, o presidente do Tricolor, Juvenal Juvêncio, reconheceu a força do adversário e foi irônico ao ‘torcer’ para que os rivais estejam certos na previsão.

“Acho bom que eles pensem assim e acho que devam se conscientizar de que são favoritos. Eles são bons, jogam em casa e oxalá estejam certos”, ironizou o mandatário, que não quis entrar em mais atritos com os rivais.

Na tarde de domingo, o São Paulo voltará pela primeira vez ao Palestra Itália depois do caso do gás, ocorrido na semifinal do Campeonato Paulista. Apesar da confusão que aconteceu há alguns meses, o presidente negou que o Tricolor levará segurança particular ao clássico.

“A segurança é uma coisa da polícia, e não reforçaremos. Só teremos a segurança natural que acompanha os atletas”, afirmou o mandatário, que acha natural voltar a atuar na casa do rival.

“Está ok, pois há um regulamento. Vemos gramados horríveis nesse país, mas o do Parque Antártica é muito bom, pois foi a mesma firma que fez para nós em Cotia”, comentou.

Já o zagueiro Miranda seguiu o discurso do mandatário e também evitou entrar em atrito com os palmeirenses, mas advertiu que o São Paulo tem totais condições de assegurar os três pontos.

“Eles estão mais bem posicionados e têm um certo favoritismo, mas em clássico nem sempre o favorito ganha. Nós estamos em uma crescente e vamos lá para buscarmos a vitória. Temos de fazer nossa parte, que é vencer os compromissos que ainda temos”, comentou.

O jogador também compareceu na noite desta segunda-feira ao lançamento da loja oficial do Tricolor. Além de Juvenal e Miranda, também compareceram o volante Zé Luis, os zagueiros Anderson e Aislan e o atacante Borges, além de vários dirigentes.


Leia mais sobre: São Paulo Juvenal Juvêncio

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias