iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/10 - 20:49

Capitão corintiano pede paciência com Lulinha
“O Lulinha pode estar em baixa com a torcida, mas com o grupo está sempre alta", declarou o zagueiro William

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Novamente vaiado pela torcida no empate com o Santo André, no último sábado, o meia Lulinha conta com o apoio do elenco do Corinthians para enfim se firmar na equipe. Depois do técnico Mano Menezes, coube ao capitão William a missão de defender o jovem jogador de 18 anos das críticas.

“O Lulinha pode estar em baixa com a torcida, mas com o grupo está sempre alta. Lembro que no momento em que o Dentinho esteve fora ele ajudou bastante taticamente, tivemos uma seqüência boa de vitórias”, argumentou o zagueiro, pedindo paciência com o jogador.

“Pelo passado dele, a quantidade de gols que ele fez nas categorias de base, criou-se uma expectativa muito grande. Mas é preciso ter paciência, especialmente o torcedor. Ainda não podemos cobrar uma postura de decisão dele, mas sim empenho, amadurecimento. Isso ele vem mostrando”, garantiu.

Enquanto Lulinha sofre para conquistar a Fiel, Dentinho, outro jovem prata da casa, é um dos principais destaques do time na temporada. William tem uma explicação para o contraste. “O Dentinho teve mais tranqüilidade, mas também passou alguns jogos sem fazer gols. Com ele não se teve tanta expectativa”, opinou.

Por isso, um cuidado especial com o meia, considerado uma “eterna promessa” por alguns torcedores, torna-se importante. “Jogadores assim jovens sempre oscilam, é normal. Conversamos com ele, o Mano também tem feito isso. O Lulinha sabe do peso que carrega e também se cobra muito”, revelou William.

O zagueiro ainda mostrou estar satisfeito com o tão criticado desempenho do garoto nos últimos jogos. “Ele vem sendo importante para a equipe. O futebol é coletivo. Não basta só fazer gol, tem que construir, ajudar a marcar. O Lulinha não tem conseguido fazer os gols no profissional, mas está colaborando de outra forma, contribuindo como pode”, finalizou.


Leia mais sobre: Corinthians Lulinha

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias