iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/10 - 13:32

Verdão descarta preferência para árbitro do clássico
“Para mim, pode ser qualquer um. O Palmeiras sempre teve postura de evitar pré-julgamento", disse o gerente de futebol do alviverde Toninho Cecílio

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O encontro com o São Paulo é visto como fundamental para o Palmeiras dar uma arrancada rumo ao título nacional. Normalmente, o nome do árbitro é uma preocupação nesta situação em ambos os lados.

Mas o Verdão rechaça indicar um nome para o compromisso do dia 19 de outubro, no Parque Antártica.

“Para mim, pode ser qualquer um. O Palmeiras sempre teve postura de evitar pré-julgamento. Somos rígidos em analisar o que acontece dentro de campo. Antes, se pegar o histórico da atual diretoria, acho leviano querer um ou ouro”, disse o gerente de futebol Toninho Cecílio.

“Claro que o Sérgio Correa (presidente da comissão de arbitragem) sabe que a partida é importante e vai saber colocar o nome certo. Não vamos falar de arbitragem e torcer para que aconteça uma arbitragem como na semifinal do Paulista, do (Wilson) Seneme”, emendou.

Nas últimas partidas, o Palmeiras viu a maioria de seus jogos do Campeonato Brasileiro serem comandados por árbitros gaúchos. No clássico, Toninho Cecílio evita falar a preferência até por um apitador de determinado estado.

“Não interessa o estado que venha o árbitro. Importante é que seja capacitado. Árbitro pode ter problemas, erros normais acontecem. Temos bons árbitros para conduzir a partida”, finalizou o gerente de futebol alviverde.


Leia mais sobre: Palmeiras Brasileirão São Paulo



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


MBPress

Treinador e crítico
Luxemburgo reclamou das faltas sofridas pelo atacante Kléber na partida diante do Figueirense

Topo