iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/10 - 11:02

São Paulo minimiza críticas palmeirenses à arbitragem
“Não existe árbitro que queira prejudicar um ou outro time, apenas existem erros", disse Muricy Ramalho

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O técnico Vanderlei Luxemburgo ficou insatisfeito com o desempenho do árbitro Leonardo Gaciba no empate do Palmeiras com o Figueirense, na quarta-feira. No entanto, o discurso no São Paulo é de tranqüilidade em relação aos homens do apito.

O técnico Muricy Ramalho, inclusive, acredita que não houve motivos para reclamações dos concorrentes nos jogos recentes do Brasileirão.

“Não existe árbitro que queira prejudicar um ou outro time, apenas existem erros. Sabemos que técnico experiente joga pressão na arbitragem em reta final, isso é uma coisa natural e faz parte do jogo. Mas ninguém está sendo favorecido. O cara tem direito de errar. Não vi nada de errado nos jogos (de quarta-feira)”, afirmou o treinador, lembrando também que o Santos reclamou da arbitragem na derrota para o Grêmio.

O zagueiro Miranda, por sinal, também acredita que as críticas podem ser usadas para pressionar os árbitros. “Criticar arbitragem é uma forma de pressionar, e estamos sabendo que teremos um jogo difícil”.

Depois da partida contra o Figueirense, Luxemburgo reclamou sobre o número de faltas que o atacante Kléber sofreu em campo. O volante Zé Luis, no entanto, preferiu não comentar o assunto referente ao rival.

“É difícil de falar do adversário, até porque eu não vi. Ele tem todo o direito de reclamar se achar que foi prejudicado. Mas é difícil de eu dar opinião sobre as declarações do adversário”, concluiu.


Leia mais sobre: São Paulo Palmeiras Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo