iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/10 - 09:37

Consórcio de Dubai deve comprar Charlton

A empresa já fez uma oferta para comprar o time, que não foi revelada por nenhuma das partes, e se mostra otimista

Gazeta Esportiva

LONDRES (Inglaterra) - O Charlton Athletic anunciou neste domingo que deve ser vendido para um consórcio do Oriente Médio. Em mau momento na atual temporada, na qual figuram apenas na 14ª colocação da segunda divisão do Campeonato Inglês, o clube admitiu que já conversa com uma empresa, e que está próximo de um desfecho para o caso.

O consórcio em questão é o Zabeel Investments, com sede nos Emirados Árabes Unidos. A empresa de Dubai já fez uma oferta para comprar o Charlton, que não foi revelada por nenhuma das partes, e se mostra otimista com o encaminhamento da questão.

“A paixão da torcida do Charlton, a história do clube e o status único que ele desfruta entre a comunidade torna estar uma proposta animadora para nós”, afirmou o xeque Mohammed Al Hashimi, diretor executivo do Zabeel Investiments, de acordo com o próprio site do time londrino.

A empresa de Al Hashimi tentou inicialmente comprar o Newcastle, mas as negociações em setembro não foram adiante. Um mês depois, o Zabeel Investments mudou o foco e investiu no Charlton, que foi rebaixado para a segunda divisão ao final da temporada 2006/2007.

O clube tem a fama de ser um dos mais estáveis e familiares de Londres, além de ser respeitados por suas categorias de base. No time principal, porém, o técnico Alan Pardew tem problemas para montar um elenco competitivo o suficiente para enfrentar clubes como Birmingham City, Wolverhampton e Reading, que lideram a divisão de acesso da Inglaterra.

Leia mais:
Everton desmente sua venda para norte-americanos (11/10/2008)


Leia mais sobre: Charlton Athletic



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo