iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/10 - 18:11

Após se irritar com a arbitragem, Marcelinho declara amor à Fiel

Meia ficou revoltado após apito final, mas ainda fez festa em campo ao ir para o alambrado onde estava a Fiel

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A reação de Marcelinho Carioca após o empate por 2 a 2 entre Corinthians e Santo André mudou rapidamente. Primeiro, ele se dirigiu à arbitragem, revoltado. Reclamava de impedimento no gol marcado por Dentinho, aos 44 minutos do segundo tempo. “Ninguém vai agredir! Tira a mão de cima de mim, rapaz!”, berrou com quem o impedia de protestar.

O técnico Sérgio Soares corroborava com a revolta de Marcelinho Carioca. “Assim, é impossível ganhar do Corinthians aqui, pô”, gritou.

Marcelinho logo parou de reclamar. Preferiu correr até a torcida do Corinthians, que o ovacionava desde o início da partida. “Eu amo vocês. Obrigado por tudo”, acenou, percorrendo todo o entorno do Pacaembu para agradecer pelo carinho.

Dentinho também foi festejado pela Fiel. Autor dos dois gols do Corinthians na partida, ele reconheceu a má apresentação de sua equipe. “Fizemos um primeiro tempo ruim, mas o mais importante é a vitória”, priorizou um dos nomes do jogo. O outro, pelo menos para os torcedores, foi Marcelinho Carioca, mesmo sem marcar.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo