iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 14:04

Situação do Kléber preocupa, admite Toninho Cecílio

Na visão do dirigente, a denúncia da procuradoria seria uma injustiça para Kléber, que foi perdoado ainda em campo

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Palmeiras fica em estado de alerta sobre a possibilidade de julgamento do atacante Kléber pela cotovelada no zagueiro Asprilla, do Figueirense. Por enquanto, o procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, apenas analisa as imagens, mas o Verdão já demonstra receio em ficar sem o atleta na reta final do Campeonato Brasileiro.

“É uma situação que preocupa, mas ainda não temos que nos manifestar, ele ainda não está denunciado”, disse o gerente de futebol alviverde, Toninho Cecílio.

Na visão do dirigente, a denúncia da procuradoria seria uma injustiça para Kléber, que foi perdoado ainda em campo pelo próprio Asprilla. O árbitro Leonardo Gaciba marcou falta no lance, contudo não viu maldade na atitude do atacante, tanto que mostrou apenas o cartão amarelo.

“Sinceramente, não espero indiciamento. Temos que considerar o fato de que o lance aconteceu no segundo tempo. Durante todo o primeiro tempo, os zagueiros do Figueirense também usaram o braço. O Kléber entrou apenas para se proteger”, justificou Toninho Cecílio.

Segundo Paulo Schmitt, a tendência é que Kléber seja denunciado no artigo 254 (praticar jogada violenta). A pena varia de duas a seis partidas de suspensão no Campeonato Brasileiro.

Mesmo com a fama de polêmico, Kléber continua com respaldo total da direção alviverde para manter o estilo aguerrido dentro de campo. “Acho que ele está sabendo suportar bem a disputa com os adversários, demonstrando um bom comportamento”, finalizou Toninho Cecílio, apesar das três expulsões de seu atleta no Campeonato Brasileiro.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo