iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 17:00

Riquelme vira dilema para técnico argentino contra Uruguai
Nos treinamentos realizados nesta semana, Basile testou a equipe titular com e sem Riquelme

Reuters

BUENOS AIRES (Argentina) - O técnico da seleção argentina, Alfio Basile, está indeciso quanto a colocar Riquelme em campo na partida de sábado contra o Uruguai, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Basile, sob pressão depois de seu time ter empatado seis vezes consecutivas em jogos amistosos ou pelas eliminatórias, manifestou por várias vezes sua admiração pelo elegante mas instável meia do Boca Juniors, que até agora começou jogando em toda as oito partidas das eliminatórias.

No entanto, algumas atuações pouco empolgantes de Riquelme, que nesta semana envolveu-se em uma polêmica com um companheiro do Boca Juniors que questionou o desempenho dele nos últimos tempos, podem fazer com que o técnico argentino repense a questão.

Nos treinamentos realizados nesta semana, Basile testou a equipe titular com e sem Riquelme, que é acusado de arrastar o restante do time junto consigo quando joga mal.

Os atacantes Lionel Messi e Sergio Aguero foram poupados dos treinamentos na quinta-feira, mas membros da seleção disseram que os dois estavam prontos para jogar no sábado.

A Argentina encontra-se no terceiro lugar das eliminatórias da América do Sul, tendo conquistado 13 pontos em oito jogos.

Os confiantes uruguaios, que venceram pela última vez em Buenos Aires em uma semifinal da Copa América, em 1987, prometeram não ficar apenas na defesa.

O atacante Sebastián Abreu provocou os adversários ao sugerir que seu time estava obtendo, com menos recursos, melhores resultados que os argentinos. O Uruguai soma 12 pontos.

"Nós temos que mostrar a eles que a Argentina é a Argentina e que as coisas não serão nada fáceis para eles", respondeu o atacante Carlos Tevez, convocado de novo por Basile apesar ter sido expulso duas vezes em suas últimas três participações.

"Nós vamos jogar na Argentina e eles precisam ter respeito."

As duas equipes devem começar jogando com a seguinte formação:

Argentina: Carrizo; Zanetti, Burdisso, Demichelis, Heinze; Mascherano, Cambiasso, Di Maria ou Riquelme; Messi, Tevez, Aguero

Uruguai: Castillo: Fucile, Lugano, Godin, Cáceres; Pereira, Diego Pérez, Eguren, Cristian Rodríguez; Luis Suárez, Sebastián Abreu

Juiz: Carlos Torres (Paraguai).


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo