iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 22:27

Para manter sonho do G-4, Coxa encara força da Lusa no Canindé

Enquanto isso, Portuguesa precisa da vitória a todo custo para sair da zona de rebaixamento

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Embalado por uma seqüência invicta de três partidas, o Coritiba tenta provar sua força fora de casa para continuar sonhando com uma das quatro vagas para a Libertadores de 2009. Dono de quatro vitórias longe do Couto Pereira, a equipe terá às 18h20 deste sábado um adversário que tem se mostrado difícil de ser batido sob seus domínios: a Portuguesa, que conta com o Canindé para escapar do rebaixamento.

Ocupando a sétima colocação – com um jogo a menos que o Botafogo – os paranaenses podem terminar a rodada com 47 pontos, ficando apenas cinco pontos atrás do G-4. Por isso toda a mobilização do time coxa-branca tem o objetivo se manter vivo na lutar para chegar à principal competição do continente no ano do centenário do clube. Para o técnico Dorival Junior, essa é mais uma oportunidades para encostar nos líderes.

“É preciso colocar a cabeça no lugar e achar que tem capacidade, que pode chegar e confirmar uma das vagas. Quando acreditar nisso, a equipe pode crescer ainda mais, se engrandecer. Precisamos aproveitar essa última oportunidade que talvez a gente tenha dentro da competição”, discursou o comandante.

Com este espírito, o Coxa entra em campo sem novidades em relação ao time que bateu o Internacional por goleada na última rodada. Dorival tinha apenas uma dúvida, já solucionada pelo departamento médico: o meia João Henrique, que cumpriu suspensão, continua fora do time, desta vez poupado para recuperar sua musculatura.

Sem o meio-campista, a equipe entra em campo com dois volantes, Alê e Leandro Donizete, e dois atacantes de ofício, Keirrison e Ariel Nahuelpan. A aposta é que o camisa 9 mantenha a boa fase e siga na luta pela artilharia do Nacional – com 16 gols, está em terceiro na disputa com Kléber Pereira e Alex Mineiro.

No restante da escalação, Vanderlei continua mais titular do que nunca no gol, já que Edson Bastos, que ficou no banco de reservas diante dos gaúchos após se recuperar de uma lesão muscular, desta vez sentiu o joelho e fica pelo menos três semanas longe dos treinos.

Sem problemas na escalação, a Portuguesa só pensa em somar três pontos para ter a possibilidade de deixar a zona de rebaixamento já neste sábado. O técnico Estevam Soares tem apenas o goleiro Sérgio e o lateral-direito Wilton Goiano como desfalques, ambos por contusão. Contudo, como não têm sido titulares, os dois não alteram os planos do comandante.

Para encarar um adversário em ascensão, a Lusa entra em campo disposta a segurar o ímpeto curitibano com uma defesa reforçada pelas voltas de Ediglê e Erick para compor o trio na zaga com Bruno Rodrigo. No meio-campo, o treinador terá Rai e Dias, volantes com mobilidade para auxiliar o meia Preto e os alas Patrício e Athirson na missão de levar a bola a Jonas e Edno no ataque.

Com esta disposição tática, o time acredita que é possível manter o retrospecto em seu estádio. Os rubro-verdes só foram batidos uma vez neste Brasileiro no Canindé, ao perderem por 2 a 1 para o Vitória no primeiro turno. Além deste tropeço, foram seis vitórias e quatro empates sob seus domínios.

“Será um jogo difícil porque o Coritiba é uma excelente equipe. Mas, jogando em casa, não podemos repetir alguns erros, precisamos da vitória. Teoricamente, o time da casa é o favorito, mas na prática, se não mostrar um bom futebol, ninguém consegue o resultado”, pregou o goleiro André Luís, um dos que garantem a união do grupo em busca da manutenção na elite nacional.

“Temos tudo para sair da zona de rebaixamento já, jogando em casa. Precisamos impor nosso ritmo, sair dessa situação e não voltar mais. Fazer de tudo para manter a Portuguesa na primeira divisão”, completou Jonas, uma das apostas de gols lusitanos na noite repleta de esperanças no Canindé.


FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X CORITIBA

Local: Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 11 de outubro de 2008, sábado
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Kleber Lucio Gil (SC)

PORTUGUESA: André Luís; Ediglê, Bruno Rodrigo e Erick; Patrício, Dias, Rai, Preto e Athirson; Jonas e Edno
Técnico: Estevam Soares

CORITIBA: Vanderlei; Maurício, Rodrigo Mancha e Felipe; Marcos Tamandaré, Alê, Leandro Donizete, Carlinhos Paraíba e Ricardinho; Keirrison e Ariel Nahuelpan
Técnico: Dorival Junior


Leia mais sobre: Coritiba Portuguesa Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo