iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 10:59

No último treino, Brasil faz segredo e volta a não marcar gols
Dunga restringiu as imagens do treino, tentando fazer segredo quanto ao time que levará a campo no domingo

 

Gazeta Esportiva


TERESÓPOLIS - O técnico Dunga comandou, na manhã desta sexta-feira, o último treinamento da seleção brasileira na Granja Comary antes do embarque para a Venezuela, onde o Brasil enfrenta os donos da casa pelas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010. No entanto, quem esperava ver um time mais ofensivo do que o que foi apresentado na quinta-feira, decepcionou-se com o trabalho de despedida em Teresópolis. Assista ao vídeo no player ao lado>>

Dunga não fez um coletivo com os convocados. Preferiu supervisionar o que chamou de “coletivo tático”, orientando o posicionamento dos jogadores e as jogadas de bola parada na defesa e no ataque durante os 45 minutos do trabalho. A movimentação terminou sem gols, a exemplo do que havia acontecido no dia anterior, mas não incomodou o treinador.

“A gente não mede (a eficiência) pelo gol. Mede pelas jogadas, pelo posicionamento”, explicou Dunga, satisfeito com o que viu em campo. “A princípio, sempre trabalhamos a bola parada, defensiva e ofensiva. Hoje, nós trabalhamos um pouco diferente, para tentarmos colocar o adversário em dificuldades”, completou o treinador, que colocou Adriano para cobrar faltas da entrada da área no final do treino.

Antes do treinamento, Dunga restringiu as imagens do campo, tentando fazer segredo quanto ao time que levará a campo no domingo, em San Cristóbal. Entretanto, a escalação está praticamente definida, com Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Kleber; Gilberto Silva, Josué, Elano e Kaká; Robinho e Adriano entre os titulares. O treinador ainda testou nomes como Anderson, Mancini e Jô, e tentou fazer mistério quanto ao aproveitamento do trio.

“É uma grande possibilidade de começar, assim como treinamos com uma outra escalação para termos mais velocidade. Temos que ver como cada jogador se encontra”, explicou Dunga, que testou as jogadas pelas laterais nesta sexta. “A gente tentou. Em outros jogos, a gente conseguiu isso. Contra a Bolívia, falhamos um pouco, então voltamos a treinar isso.”

O Brasil embarca para a Venezuela nesta sexta-feira, dois dias antes do jogo contra a Venezuela. A seleção é vice-líder das Eliminatórias com 13 pontos, enquanto os venezuelanos somam apenas sete e figuram no oitavo lugar da competição continental. A partida entre as duas a equipes, a última pelo primeiro turno do torneio sul-americano, começa às 17 horas (horário de Brasília).


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo