iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 12:29

Luxemburgo tenta blindar Palmeiras de polêmicas

Atendendo a Luxemburgo, os jogadores têm evitado entrar em polêmicas lançadas na imprensa

Agência Estado

SÃO PAULO - O empate com o Figueirense aumentou a responsabilidade do Palmeiras para o clássico com o São Paulo. Os jogadores estão ansiosos para o duelo e a rivalidade preocupa Luxemburgo, principalmente por tudo o que aconteceu nos clássicos do Campeonato Paulista.

Kléber deu uma cotovelada em André Dias no jogo da primeira fase, goleada por 4 a 1 do Palmeiras e o São Paulo reclamou muito da arbitragem. As semifinais foram ainda mais polêmicas: Adriano marcou um gol de mão e Valdivia provocou os adversários. Fora do gramado, os confrontos ficaram marcados pelo episódio do gás de pimenta no vestiário do São Paulo.

"Se for ficar lembrando do passado, vai ser guerra", disse o treinador, que fez um pedido aos jornalistas: "Tem que ter muito cuidado na condução dos fatos, pois queremos que seja apenas um jogo de futebol." No entanto, o atacante Kleber não se conteve. "A obrigação de vencer é do São Paulo. Afinal, eles estão atrás da gente", provocou.

Atendendo a Luxemburgo, os jogadores têm evitado entrar em polêmicas lançadas na imprensa, como as declarações do presidente do Flamengo, Márcio Braga, de que já preparava a festa do hexacampeonato. O último a provocar foi o volante Rafael Carioca, do Grêmio. "Eles se preocupam demais com o Grêmio, não se concentraram no jogo deles e foram castigados". Kléber desdenhou: "Eu nem sabia do jogo deles. Estamos preocupados com o nosso trabalho e com a nossa situação".


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo