iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 12:04

Élder Granja sai em defesa de Kléber: “Futebol é para homem”

Para companheiros de equipe, atacante alviverde está 'marcado' pela fama que ganhou com expulsões anteriores

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Os jogadores do Palmeiras lamentaram a atitude do procurador-geral do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Paulo Schmitt, de analisar as imagens de uma cotovelada do atacante Kléber no zagueiro Asprilla, do Figueirense. O jogador pode ser punido por até seis jogos, mesmo com o árbitro Leonardo Gaciba optando por mostrar apenas o cartão amarelo no momento da partida.

O lateral-direito Élder Granja se mostrou indignado com a possibilidade de perder o companheiro no momento decisivo do Campeonato Brasileiro. ”É difícil você deixar um atleta sem atuar. Futebol é contato, o pessoal se machuca, existem divididas duras. O futebol está muito rigoroso, é jogo de homem, existe um pouco mais de excesso mesmo”, afirmou o camisa dois, após o treino da manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol.

Na visão de Élder Granja, Kléber já tem uma marca por expulsões anteriores. Só no Campeonato Brasileiro, o atacante já recebeu três cartões vermelhos, além de dez amarelos. ”Foi um lance normal, de jogo. Quando se trata do Kléber, as pessoas fazem uma grande tempestade. O próprio Asprilla deu entrevista dizendo que não aconteceu nada”, disse.

O zagueiro Gustavo seguiu a mesma linha de raciocínio de Élder Granja. Além disso, o camisa três fez uma ponderação em relação ao STJD com base na recente suspensão de 120 dias sofrida pelo zagueiro Chicão, do Corinthians, acusado de agredir o atacante Luan, do São Caetano, em partida da Série B do Campeonato Brasileiro.

”Estão sendo rigorosos demais. No jogo de quarta-feira, o Kléber foi citado, mas o Asprilla disse que não houve nada. É contato físico. São coisas do futebol e acontecem. Se fosse para ser penalizado, tinha que ser dentro da partida”, lembrou.

Gustavo ainda fez uma comparação do contato físico do futebol brasileiro em relação aos principais países do exterior. “Se você olhar na Inglaterra, na Espanha, existe muito contato, a toda hora os jogadores chegam firmes nos adversários”, finalizou o defensor alviverde.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Outro gancho?
Kléber foi expulso três vezes no Brasileirão e pode defalcar Palmeiras mais uma vez na reta final

Topo