iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 22:30

De olho no título, Flamengo encara o Atlético-MG
Equipe carioca precisa da vitória para não deixar os concorrentes ao título abrirem na reta final

Gazeta Esportiva

Longe dos gramados, o presidente Márcio Braga garante que já está programando a festa para comemorar o título do Campeonato Brasileiro. Mas com 49 pontos, sete a menos do que o líder Grêmio (com um jogo a mais), o Flamengo recebe o Atlético-MG, neste sábado, às 18h20 (de Brasília), no Maracanã, tentando manter vivo o sonho do dirigente e da torcida rubro-negra. Já o Galo soma 34 pontos e ainda luta para afastar definitivamente o fantasma do rebaixamento para a Série B.


Apesar do discurso de Márcio Braga, o técnico Caio Júnior garante um Flamengo com os pés no chão na reta final do Brasileiro. “Aqui não existe euforia. Quando estávamos na liderança, com cinco pontos de diferença, isso não existia. O que existe aqui é uma equipe focada em busca dos objetivos. Temos dez jogos pela frente e estamos encarando com toda a seriedade possível”, ressaltou.

Com três vitórias consecutivas, o Flamengo vive um bom momento e espera confirmar isso diante de sua torcida, que mais uma vez deverá lotar o Maracanã. Os jogadores mostram ansiedade por atuar com a força dos rubro-negros.

“Tenho pensado em ver o Maracanã lotado. Até comentei com os companheiros que se ganhássemos do Náutico, certamente mais de 60 mil torcedores iriam contra o Atlético-MG. Tenho certeza de que eles vão e para nos ajudar a vencer”, afirmou o atacante Vandinho.

Um dos destaque do Flamengo na recente ascensão da equipe no Campeonato Brasileiro, o atacante Marcelinho Paraíba sabe que o Rubro-Negro não encontrará facilidades para conquistar mais três pontos na competição.

“Acredito que o Atlético-MG vai jogar fechado, explorando os contra-ataques, já que o campo do Maracanã é muito grande. Não será um jogo fácil, mas estamos preparados para superar os obstáculos. Estamos em um bom momento e temos tudo para vencer”, comentou o atacante rubro-negro.

Para buscar o resultado positivo, o Flamengo terá que superar o desfalque de dois dos seus principais jogadores. Com três cartões amarelos, o zagueiro Fábio Luciano será substituído por Dininho. Já o lateral-esquerdo Juan está na seleção brasileira e será substituído por Luizinho ou Sambueza. Ibson, que ficou fora de alguns treinos para resolver problemas particulares em Portugal, voltou a tempo de confirmar sua presença no duelo deste sábado.

Já o Atlético chega para esta partida aliviado pelos resultados da abertura da rodada. Como Santos e Figueirense não venceram, o Galo já sabe que permanece na 12ª posição mesmo com a derrota. Mesmo assim, a equipe precisa somar pontos para manter distância da zona de rebaixamento.

Um bom resultado diante do Flamengo serve não só para adquirir estes pontos, como também para dar moral à equipe. Afinal, a dura seqüência de jogos que os alvinegros enfrentam reserva mais um clássico na próxima rodada. No outro domingo, dia 19, o time enfrenta o Cruzeiro, mas, por enquanto, prefere nem pensar no assunto.

“Nós temos que pensar em cada jogo, na importância que ele representa no momento, no espírito de decisão que representa para o Atlético. A partir da semana que vem, a gente passa a pensar no clássico regional, que é também de suma importância”, opinou o técnico Marcelo Oliveira.

Apesar de estar bem abaixo do Rubro-Negro na tabela de classificação, o treinador atleticano não vê motivos para ter medo. Para ele, há muito equilíbrio neste Brasileirão e, caso sua equipe se concentre, pode perfeitamente vencer no Maracanã.

“Não existe ninguém tão melhor assim nem ninguém tão pior. São equipes parecidas, mas que, no erro do adversário, no nosso próprio erro, a gente acaba deixando passar oportunidades boas”, lamentou.

Para esta partida, está de volta o meia Petkovic, que vinha sendo deixado no banco por opção da comissão técnica, já que ele não se encontrava na forma física ideal. O sérvio entra no lugar de Marques, suspenso. Com isto, o ataque será formado por Renan Oliveira e Castillo, que ganha a vaga de Jael. De resto, o time é o mesmo que perdeu para o Palmeiras, no último sábado.


FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ X ATLÉTICO-MG

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 11 de outubro de 2008, sábado
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

FLAMENGO: Bruno, Leonardo Moura, Dininho, Ronaldo Angelim e Luizinho (Sambueza); Jaílton, Toró, Kléberson e Ibson; Marcelinho Paraíba e Vandinho
Técnico: Caio Júnior

ATLÉTICO-MG: Juninho; Sheslon, Marcos, Leandro Almeida e César Prates; Serginho, Márcio Araújo, Elton e Petkovic; Renan Oliveira e Castillo
Técnico: Marcelo Oliveira


Leia mais sobre: Flamengo Atlético-MG Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo