iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 09:24

Brasil esquece retrospecto e pede respeito com Venezuela

Venezuela é apenas a oitava colocada, com duas vitórias e um empate em oito jogos; Brasil soma 13 pontos

Gazeta Esportiva

TERESÓPOLIS - Não faz tanto tempo assim que a Venezuela era freguesa da seleção brasileira no futebol. Em 1993, por exemplo, as duas seleções se enfrentaram em San Cristóbal pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do ano seguinte, e o Brasil venceu por 5 a 1 – gols de Raí, Bebeto (duas vezes), Branco e Palhinha.

O técnico era Carlos Alberto Parreira.

Mais de 15 anos se passaram desde aquele dia 1º de agosto. Desde então, as duas seleções estiveram frente a frente sete vezes, com seis vitórias brasileiras e apenas uma venezuelana. O problema é que a única derrota para os vinotinto aconteceu no último confronto entre as duas equipes, em amistoso realizado em 6 de junho, nos EUA, e que terminou com placar de 2 a 0.

Agora, a Venezuela será novamente adversária do Brasil neste domingo, em jogo pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. Será o primeiro jogo entre as duas seleções em San Cristóbal desde aquela vitória do Brasil há 15 anos. Entretanto, a partida que ocupa a lembrança da seleção brasileira de 2008 não é a 1993 – e sim, a derrota de junho.

“Claro que ficou um gosto amargo, mas agora é um jogo diferente. Naquele jogo, todo mundo tinha ficado uns 10, 15 dias de férias, então faltou um pouco de ritmo”, justificou o volante Gilberto Silva nesta sexta-feira, antes do treino do Brasil na Granja Comary para a partida do final de semana.

Entre os convocados do técnico Dunga (que esteve em campo naquela goleada por 5 a 1), a palavra é uma só: respeito. “A Venezuela é uma seleção que cresceu muito nos últimos anos. Jogando em casa, vai querer impor seu ritmo, e por isso, merece respeito”, defendeu o volante Josué. “Qualquer seleção que enfrente o Brasil entre motivada. E a Venezuela não é diferente”, concordou o meia-atacante Mancini.

Apesar do respeito pedido pelos jogadores, a Venezuela figura em uma posição modesta nas Eliminatória: é apenas a oitava colocada, com duas vitórias e um empate em oito jogos. O Brasil, por sua vez, é vice-líder do torneio classificatório continental, com 13 pontos, oriundos de três vitórias e quatro empates em oito compromissos.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo