iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 22:35

Avaí faz 3 a 0 no clássico com Criciúma e assume vice-liderança

Equipe da casa fez valer o apoio da sua torcida e continua com boas chances de acesso para a Série A em 2009

Gazeta Esportiva


FLORIANÓPOLIS  - Após um agitado clássico catarinense pela Série B do Campeonato Brasileiro, o Avaí mostrou porque está entre os candidatos ao acesso para a elite, enquanto o Criciúma luta para não ser rebaixado. Com consistência, a equipe passou pelo rival por 3 a 0 e venceu pela primeira vez o clássico neste ano, atuando na Ressacada.

Assim, o time de Florianópolis assume a vice-liderança da competição e aguarda a definição do confronto do Santo André, que pega o Corinthians no sábado e pode roubar a colocação. O Tigre Catarinense continua ameaçado pela degola, apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento.

Ao contrário do que esperava o anfitrião, o Criciúma veio para campo com formação muito ofensiva e partindo para cima. No entanto, os espaços gerados por essa postura desequilibraram o confronto a favor do Avaí, que não demorou a abrir o placar na Ressacada.

Aos 5 minutos de jogo, Arlindo Maracanã foi certeiro no seu cruzamento pela esquerda, colocando a bola na medida para Evando cabecear. A bola ainda tocou na trave antes de entrar no gol de Vinícius. O baque não deixou o Tigre menos ofensivo e a equipe seguiu partindo para cima.

Aos 9 minutos, Luciano Bebê teve grande chance dentro da área, quando bateu forte de direta, mas o atacante Jardel estava no caminho da bola e acabou afastando-a do gol ao tentar desviar de cabeça, atuando como um zagueiro para o rival. Aos poucos, o Criciúma foi equilibrando o confronto.

Aos 20 minutos, o visitante empurrava o Avaí para o seu campo de defesa e tinha a posse de bola, mas falhava perante a boa marcação sofrida. Dez minutos mais tarde, novamente a ofensividade acabou reprimida por um gol do rival. Marquinhos cruzou na área e o zagueiro Everton fez pênalti em William.

Ele mesmo cobrou a penalidade com força e no meio do gol, mas, adiantado, o goleiro Vinicius defendeu. O árbitro gaúcho Leonardo da Silva então irritou o time de amarelo mandando voltar a cobrança. Na segundo tentativa, gol para o Avaí, mas o árbitro novamente mandou retornar, indicando que Evando teria invadido a meia-lua.

Na terceira cobrança, enfim, William ampliou o marcador: bola para um lado, goleiro para o outro e vantagem de dois gols para o Avaí. Revoltados, os jogadores do Tigre deixaram o campo no intervalo prometendo colocar a raiva em campo. Assim, os minutos iniciais da etapa final foram de pressão do visitante.

O goleiro Eduardo Martini teve muito trabalho, especialmente em boa cabeçada de Wescley. Mas aos 10 minutos o Avaí garantiu a vitória ao dar novo banho de água fria no rival: Arlindo Maracanã recebeu lançamento, invadiu a área pela direita e bateu cruzado para ampliar.

Aos 13 minutos, um milagre de Eduardo Martini sobre a meta do Avaí na Ressacada: foram três defesas consecutivas em bate-rebate, nas quais o goleiro, com agilidade, evitou o primeiro gol do Criciúma. Na última delas, o arqueiro se esticou para desviar chute dado por Valdiran de dentro da pequena área.

A situação do Criciúma ficou ainda pior aos 14 minutos, quando Canindé tocou com o braço uma bola, em tentativa de domínio, e acabou expulso por Gaciba. Com um homem a mais em campo, o Avaí apenas administrou a vitória, tocando a bola com mais tranqüilidade.

Aos 40 minutos, Marquinhos ainda teve grande chance de decretar uma goleada no clássico de Santa Catarina, mas o jogador cabeceou por cima do gol em um cruzamento de Arlindo Maracanã.


FICHA TÉCNICA
AVAÍ 3 X 0 CRICIÚMA

Local: Estádio Ressacada, em Florianópolis-SC Data: 10 de outubro de 2008 (sexta-feira)
Horário: 20h30 (Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Assistentes: Claudemir Maffessoni (SC) e Luis Alberto Kallenberger (SC) Cartões Amarelos: Émerson e André Turatto (Avaí); Basílio, Cláudio Luiz, Luis Mário e Luciano Bebê (Criciúma) Cartão Vermelho: Canindé (Criciúma)
Gols: AVAÍ: Evando, aos 5 minutos do primeiro tempo e William, aos 30 e Arlindo Maracanã, aos 10 minutos do segundo tempo

AVAÍ: Eduardo Martini; Arlindo Maracanã, André Turatto, Émerson e Jef Silva; Marcus Vinícius, Bastista, Marquinhos e Válber (Cássio), Evando (Joelson) e William (Abuda)
Técnico: Silas

CRICIÚMA: Vinicius; Patric (Marcelo Rosa), Wescley, Éverton e Mateus; Coutinho, Basílio, Canindé e Luciano Bebê (Cláudio Luiz); Luis Mário e Jardel (Valdiran).
Técnico: Paulo Campos


Leia mais sobre: Avaí Criciúma Série B



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

NOVO VICE-LÍDER
Avaí se dá bem no clássico catarinense e fica bem próximo do acesso para 2009

Topo