iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/10 - 14:08

Rooney diz que filosofia de Capello começa a fazer efeito na Inglaterra

Atacante será titular da equipe nas partidas diante de Cazaquistão e Belarus, respectivamente sábado e quarta

EFE

LONDRES (Inglaterra) - O atacante Wayne Rooney, do Manchester United, admitiu hoje que a filosofia de trabalho do técnico italiano Fábio Capello começa a fazer efeito na seleção inglesa.

"Todos estão rindo, de bom humor e com vontade de entrar em campo para as duas partidas pelas Eliminatórias. Não sei por que, mas durante três temporadas não jogamos tão bem como deveríamos. Sem dúvida tinha algo errado, e tomara que seja possível acertar isso com Capello", comentou Rooney.

O atacante será titular da equipe nas partidas diante de Cazaquistão e Belarus, respectivamente sábado e quarta, pelo grupo 6 das Eliminatórias Européias.

Rooney tem feito gols nas últimas partidas do Manchester United e deixou o seu na goleada de 4 a 1 sobre a Croácia em Zagreb, também pelas Eliminatórias - os outros gols foram obra do jovem Theo Walcott, do Arsenal.

Em declarações à imprensa, ele admitiu que algumas críticas feitas a ele pelo fraco início de temporada foram justas.

"Sou autocrítico e vejo todas as partidas duas vezes. Quando não joguei bem, me decepciono, analiso as coisas e tento melhorar", comentou.

Neste fim de semana, o jogador do Manchester United fará a partida de número 47 pela seleção inglesa - estreou em 2003, quando foi o mais jovem a estrear pela equipe principal da Inglaterra.

O atacante tinha apenas 17 anos e 111 dias - 36 dias a mais que Walcott na sua estréia, em maio de 2006. Rooney disse não ter "nenhum conselho" a dar para Walcott e apontou que o jogador do Arsenal "será uma grande peça para a Inglaterra".

"Ele traz algo diferente se comparado com o que tivemos até agora", disse.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo