iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/10 - 17:43

Para Mário Sérgio, Figueira não merecia risco de queda

Para o treinador, até mesmo quando ele assumiu o clube "as coisas pareciam estar em ordem"

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Após o empate por 1 a 1 com o até então líder do Brasileirão Palmeiras, o técnico Mário Sérgio desabafou. Segundo o comandante catarinense, o Figueirense não merecia correr o risco de cair para a Série B.

O ex-jogador, que comandou o Atlético Paranaense neste Campeonato Brasileiro antes de ir para o Figueira, também comentou a ‘herança’ herdada dos treinadores que passaram pela equipe catarinense antes dele.

“Os profissionais que me antecederam são de ponta, talvez eu não tenha metade da fama deles. Faço o meu trabalho, peguei uma herança da qual não reclamo. A não ser se acontecesse como foi com o Atlético-PR, que estava com uma situação física alarmante. Mas aqui não foi assim, tudo estava em ordem. Eu só posso dizer que este time não poderia estar nesta situação, não merecia isso”, afirmou Mário Sérgio.

Para afastar o Figueirense da zona do rebaixamento, o treinador adotou um regime de concentração total, ou seja, nenhum jogador voltará para casa até acabar o Campeonato Brasileiro.

O método inusitado parece dar resultados. Com o ponto ganho no Orlando Scarpelli nessa quarta-feira, o Alvinegro foi a 33 pontos e agora está a seis tentos do 17º colocado Vasco.


Leia mais sobre: Figueirense Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo